24 C
Rio de Janeiro
terça-feira, julho 23, 2024
CasaBem-EstarExercícios no verão envolvem atenção e precauções necessárias

Exercícios no verão envolvem atenção e precauções necessárias

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Profissional de Educação Física explica como manter condicionamento físico no período das altas temperaturas

A elaboração de metas e a vontade de iniciar algo novo é comum no início do ano, especialmente quando se trata da atividade física. Pois, na maioria das vezes, ela é um dos principais objetivos das pessoas. Apesar de ser uma estação muito convidativa para as férias, o verão pode se tornar um obstáculo para quem deseja começar uma rotina de exercícios físicos. Por isso, é necessário tomar algumas medidas para evitar complicações devido às altas temperaturas.

 

O calor excessivo pode gerar várias consequências negativas para quem faz atividades físicas no verão. Dentre elas, estão cansaço precoce, vista embaçada, desmaios – em decorrência das possíveis quedas de pressão – ou até mesmo o aumento da frequência cardíaca. Segundo o coordenador do curso de Educação Física da UNINASSAU Rio de Janeiro, Diogo Van Bavel, para evitar essas e outras possíveis adversidades é fundamental ter atenção, principalmente, com a hidratação do organismo.

 

“O indicado é que o indivíduo procure se hidratar sempre que sentir sede, podendo ingerir 500 ml de água 30 minutos antes das práticas ou 250 ml a cada 30 minutos. Quantidades acima destas não são indicadas porque podem causar a sensação de estômago cheio.  Também se deve utilizar roupas leves, que permitam a transpiração e a troca de temperatura com o meio externo, e a alimentação deve ser a mais leve possível. Frutas, por exemplo, são ótimas opções já que contém água e são digeridas mais facilmente”, recomenda.

 

Além disso, o horário escolhido para a prática dos exercícios é outro ponto que requer vigilância. É aconselhável que se escolha um momento em que não haja tanta incidência solar como manhãs e finais de tarde. Como por exemplo, atividades até às 10h e após às 16h, pois permitem maior duração do treinamento. O uso do protetor solar e o ato de refrescar a pele com água durante o treino em dias muito quentes – para aumentar a perda de calor por evaporação – são fatores que também contribuem para as melhores condições de exercício nessa estação do ano.

 

 

Comentários

Nathália Alves
Nathália Alves
Aquela que está sempre sorrindo! Jornalista em formação, repórter do portal e apresentadora do programa Alô Bahia.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img