24 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, março 4, 2024
CasaNotíciasRio de JaneiroO reservatório da Praça da Bandeira, responsável pela redução das enchentes na...

O reservatório da Praça da Bandeira, responsável pela redução das enchentes na região, acaba de completar 10 anos

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

É uma grande conquista para moradores, comerciantes e quem circula pela área. Ex-subprefeito da Tijuca celebra os 10 anos do "Piscinão" da Praça da Bandeira.

Há 10 anos o reservatório da Praça da Bandeira, na Grande Tijuca, contribui para a redução das enchentes na região. O primeiro “piscinão”, que completou uma década na última sexta-feira (29), foi construído pela Prefeitura do Rio, por meio da Fundação Rio-Águas, e pode reservar até 19 milhões de litros de água.

Durante anos, a região ficou conhecida pelas recorrentes e severas enchentes que causavam transtornos não só aos moradores e comerciantes da Praça da Bandeira, mas a todos que circulavam pelo local.

O reservatório recebe todo o sistema de drenagem e faz parte da primeira fase das obras contra enchentes da Grande Tijuca, que também inclui as obras do desvio de parte do curso do Rio Joana para a Baía de Guanabara. Na Praça da Bandeira foi construído o primeiro reservatório, com capacidade para 19 milhões de litros de água. Na Praça Niterói, no Maracanã, existem outros três reservatórios, que juntos recebem 58 milhões de litros de água. Na Praça Varnhagen, o último reservatório entregue, tem capacidade para armazenar 43 milhões de litros de água.

“Ao lado do prefeito Eduardo Paes, entregamos as obras de controle de enchentes na região da Grande Tijuca, os grandes piscinões, que foram essenciais para acabar com as enchentes que eram históricas em toda a área e, agora, como vereador, fico muito feliz em estar mais uma vez participando desta nova fase tão importante das obras, a transposição do Rio Maracanã, onde o excesso das águas será desviado diretamente para a Baía de Guanabara e ainda contemplará as obras de microdrenagem nas ruas Dona Maria, Maxwell, Dona Zulmira, Rua dos Artistas, Felipe Camarão, entrada da Rua Ribeiro Guimarães, entre outras”, afirmou o vereador Marcio Ribeiro, que foi subprefeito da Grande Tijuca em 2015 e 2016.

“A construção dos reservatórios foi a solução para conter as águas pluviais e dos rios, durante as fortes chuvas. Os volumes são armazenados e liberados de maneira controlada, reduzindo as enchentes. Fico muito feliz em ver o resultado das obras. É uma grande conquista para toda a Grande Tijuca”, finalizou o vereador Marcio Ribeiro.

 

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img