24 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, março 4, 2024
CasaEditoriasEsporteAtletas da Casa da Luta Nilopolitana conquistam medalhas em São Gonçalo

Atletas da Casa da Luta Nilopolitana conquistam medalhas em São Gonçalo

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

As aulas gratuitas atraem pais e filhos

Três medalhas de prata e uma de ouro no campeonato de caratê na cidade de São Gonçalo. Os alunos da Casa da Luta Nilopolitana acumulam grandes colocações e histórias de pais que voltam ou começam a praticar o esporte depois de acompanhar os filhos até a Casa, que fica no bairro Frigorífico. Sob direção do mestre Gessé Cintra, a instituição oferece aulas de diversas artes marciais gratuitamente.

Jaqueline Santos, detentora de três medalhas de ouro na categoria master, inclusive competindo com atleta duas faixas acima nesta última disputa, divide seu dia entre a prática do esporte e o trabalho voluntário como secretária no local, tarefa que divide com outra aluna, Gisele Saldanha, mãe de Giovanni, 12 anos, e Nicolas, 14 anos, ambos caratecas, e o marido, que também praticava a modalidade, e voltou ao tatame.

O músico Rafael Oliveira retornou às artes marciais, onde começou aos 8 anos, por intermédio de uma amiga que treina na Casa. Já faixa preta em taekwondo, Rafael se dedica agora ao caratê e alcançou dois primeiros lugares este ano, como faixa verde. As filhas gêmeas, Laura e Maitê, de 7 anos, seguem os passos do pai e já conseguiram suas próprias medalhas.

“A gente ficou feliz ao ver que tinha vencido”, afirmaram as gêmeas, que estão na faixa vermelha e frequentam a Casa da Luta há 1 ano e meio. “Elas fazem aulas de judô, jiu jitsu, natação, capoeira, balé e também de bateria e teclado, lá em casa”, enumerou o orgulhoso pai.

Erik Monteiro, 14 anos, começou em janeiro deste ano e já detém a faixa vermelha “Quero chegar a faixa preta e ser um atleta profissional”, sonha o adolescente, filho de um policial militar que voltou a treinar caratê depois de 25 anos afastado e divide o tatame com ele. ” Minha saúde está bem melhor agora, a coluna já não dói. Eu já fazia musculação, mas sem perceber tanta diferença”, comemorou o pai.

Como funciona a Casa

A Casa da Luta Nilopolitana costuma abrir matrículas em janeiro para novos alunos em diversas modalidades como judô, jiu-jitsu (infantil e adulto), muay thai (iniciante e profissional), aikidô, karatê, taekwondo e capoeira. A direção é do mestre Gessé Cintra.

Inaugurada em 2021, a casa de artes marciais vinculada à Secretaria de Esportes da Prefeitura de Nilópolis conta com mais de 200 alunos em treinamento e são oferecidas também aulas de defesa pessoal para mulheres e idosos, além de acompanhamento com psicanalista e neuropsicopedagoga especializadas em transtornos infantis.

Para efetivar a matrícula, os interessados devem procurar a sede de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e levar os seguintes documentos: 2 fotos 3×4, declaração escolar, comprovante de residência, certidão de nascimento ou carteira de identidade e atestado médico. A faixa etária é a partir dos seis anos.

A Casa da Luta Nilopolitana fica localizada na Estrada Dr. Rufino Gonçalves Ferreira – Centro, Nilópolis. Informações também pelo telefone (21) 98906-0388.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img