25.8 C
Rio de Janeiro
domingo, maio 19, 2024
CasaEditoriasEducaçãoEscolas públicas do CE e de MG estão entre melhores do mundo...

Escolas públicas do CE e de MG estão entre melhores do mundo em prêmio

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Duas escolas públicas brasileiras estão entre as vencedoras do prêmio internacional Melhores Escolas do Mundo 2023. A Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (MTI) Joaquim Bastos Gonçalves, situada Carnaubal (CE), foi agraciada na categoria “Apoiando Vidas Saudáveis”. Já a Escola Municipal Professor Edson Pisani, de Belo Horizonte, ganhou o Prêmio Escolha da Comunidade.

O Prêmio Melhores Escolas do Mundo foi criado no ano passado. É uma iniciativa da plataforma britânica T4 Education, com apoio três instituições: Fundação Lemann, Accenture, American Express e Yayasan Hasanah.

É a primeira vez que escolas públicas brasileiras estão entre as vencedoras. Instituições de ensino de outros quatro países foram agraciadas. São elas: Institución Educativa Municipal Montessori (Colômbia), na categoria Ação Ambiental; a Riverside School (Índia), na categoria Inovação; a Max Rayne Hand in Hand Jerusalem School (Israel), na categoria Superação de Adversidades; e a Spark Soweto (África do Sul), na categoria Colaboração Comunitária.

A EEMTI Joaquim Bastos Gonçalves criou em setembro de 2021 o projeto Adote um Aluno ao perceber alunos ansiosos com a reabertura da sociedade após o fim das medidas de isolamento social implementadas em decorrência da pandemia de covid-19. Na própria escola, houve registro de estudantes diagnosticados com problemas emocionais graves, incluindo automutilação. O projeto permitiu a identificação desses casos e a assistência psicológica. Os pais também foram envolvidos na iniciativa.

Em 18 meses, o número de atendidos pelo projeto caiu 67% e os beneficiados ao longo desse período relataram melhorias em sua autoestima e em seu bem-estar. Atualmente, menos de 10 estudantes ainda são atendidos. Além de melhorar a vida dos alunos, a iniciativa também aumentou a sensibilidade da comunidade escolar para a importância da saúde mental.

O prêmio concedido à EEMTI Joaquim Bastos Gonçalves levou em conta suas ações para proporcionar a reintegração dos alunos à sociedade desde a pandemia da covid-19. Sua escolha se deu por meio de um júri especializado. Ela desbancou as outras duas finalistas da categoria Apoiando Vidas Saudáveis: a IMG Academy (EUA) e a Cardiff Sixth Form College (Reino Unido). A escola receberá um prêmio de US$ 50 mil.

Já a Escola Municipal Professor Edson Pisani saiu-se vencedora em uma votação pública na qual concorreu todas as finalistas do Prêmio Melhores Escolas do Mundo. Ela integrará o novo programa Melhor Escola para Trabalhar da T4 Education, que dá suporte para que a instituição consiga atrair e reter bons professores.

A Escola Municipal Professor Edson Pisani situa-se no Aglomerado da Serra, na região centro-sul de Belo Horizonte. É uma das maiores favelas da capital mineira. A instituição tornou-se uma das finalistas da categoria Escolha da Comunidade pelas suas ações voltadas para a defesa dos direitos de seus alunos e para a mobilização da comunidade escolar e da vizinhança, com o objetivo de coordenar com autoridades públicas melhorias para sua região.

Sua intervenção no programa municipal Vila Viva, voltado para a urbanização da comunidade, contribuiu para evitar diversos danos aos moradores e garantir que a iniciativa viesse acompanhada de melhorias, como por exemplo, a criação de uma nova linha de ônibus.

O Prêmio Melhores Escolas do Mundo 2024 já está com inscrições abertas. Até 23 de fevereiro do próximo ano, instituições poderão apresentar suas candidaturas online por meio do portal da iniciativa.

— Colaboração de: AGENCIA BRASIL —

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img