24 C
Rio de Janeiro
domingo, junho 16, 2024
CasaRegiõesGovernoCPF substituirá RG como número de identidade á nível nacional

CPF substituirá RG como número de identidade á nível nacional

Data:

Notícias relacionadas

Mocidade realiza aula prática com alunos universitários durante feijoada

Recentemente, tema em sala de aula, a Mocidade Independente...

Drogaria Venâncio promove semana da saúde

Em celebração ao Dia Mundial da Imunização (9/6), a...

Junho Vermelho: saiba o passo a passo da doação de sangue

8A campanha Junho Vermelho tem como intuito ressaltar a...

Transporte gratuito para doação de sangue

Pelo segundo ano consecutivo, os modais de transporte do...
spot_imgspot_img

Lei sancionada pelo Presidente Lula entra em vigor em março

Em março, o novo documento oficial do Brasil começa obrigatoriamente a ser emitida em todos os estados. Desde o ano passado já vinha sendo emitida em alguns estados. A estimativa é que em 10 anos, a CIN substituirá todos os RGs do país. O objetivo é reduzir fraudes e a burocracia governamental.

 

A escolha pelo CPF tem uma justificativa importante. O número é gerado pela Receita Federal e vale em todo o Brasil. O RG, por sua vez, é de responsabilidade dos estados. Muita gente não sabe, mas até então era possível emitir um RG distinto em cada estado da federação. Sem contar que o CPF sempre foi o documento mais solicitado para cadastros.

O objetivo é que, ao digitar esse número, outras entidades do governo visualizem todas as informações de um cidadão, como a CNH, o título de eleitor e sua situação eleitoral, a carteira de trabalho, entre outros.

No caso de documentos que já existem e não precisam ser renovados a numeração não será alterada. Um exemplo é o título de eleitor. Quem tirar o título de eleitor pela primeira vez, no entanto, já receberá o documento com o CPF como número de identificação.

 

Veja os documentos que passarão a ter o número do CPF:

  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • Certidão de óbito;
  • Documento Nacional de Identificação (DNI);
  • Número de Identificação do Trabalhador (NIT);
  • Número do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep);
  • Cartão Nacional de Saúde;
  • Título de eleitor;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Número da Permissão para Dirigir ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Certificado militar;
  • Carteira profissional expedida pelos conselhos de fiscalização de profissão regulamentada; e outros certificados de registro e números de inscrição existentes em bases de dados públicas federais, estaduais, distritais e municipais.

 

O Passaporte será o único documento sem alteração.

Comentários

Cristiane Braga
Cristiane Braga
Coordenadora da Redação do Portal RJ4,Jornalista ,Produtora de Eventos,Tv e Rádio, Cris é uma carioca apaixonada pela profissão e pelo Carnaval. Atua no setor desde 1994, quando tinha apenas 15 anos e descobriu sua vocação. Formada desde 2001 pela UGF como Bacharel em Comunicação Social. Além dos afazeres jornalísticos, ela é Manager da Cris Mattos Assessoria de Comunicação

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img