24 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, março 4, 2024
CasaEditoriasEntretenimentoSegundo episódio de The Last of Us bate recorde de audiência

Segundo episódio de The Last of Us bate recorde de audiência

Data:

Notícias relacionadas

Abram alas para a Corte Momesca de Nilópolis

A abertura do 'Carnaval Solidário Nilópolis 2024' será no...

‘Carnaval Solidário’ Nilópolis 2024

'Carnaval Solidário'. Esse será o nome da Folia de...

Tem confete e serpentina no Carioca Shopping

  Confete, serpentina, risadas, brincadeiras e alegrias será a tônica...

Banda dos Amigos agita fim de semana na Barra

Já é carnaval no Rio de Janeiro, na Barra...

Fundição Progresso recebe Monobloco para dois bailes

Nesta sexta-feira, 2 de fevereiro, a Fundição Progresso será palco de...
spot_imgspot_img

Série chega a quase 6 milhões em audiência, mais de 20% a mais que no primeiro episódio

E os efeitos alcançaram também os jogos, que tiveram aumento nas suas vendas em mais de 300%, e não é pra menos. Além das sublimes ligações entre partes aparentemente desconexas dos episódios e dos easter eggs para os mais engajados, há adaptações extremamente bem vestidas e também ligações e informações complementares ao jogo, sendo uma aula de transmídia (o consumo de conteúdo em diversas mídias) e entretenimento. Isso torna a experiência dos fãs muito maior, mas ao mesmo tempo, sem deixar de ser apreciativa para os novos espectadores.

 

Fonte: reprodução

Linda, primorosa, tensa e nojenta, esse é um momento singular para a cultura pop, mesmo sendo ainda um pouco cedo para poder cravar, já que ainda estamos no segundo episódio. Só que todos os caminhos tomados pela produção, desde a todas as direções, como de arte, fotografia, som, roteiro, diálogos precisos imerge você nesse mundo ao de ponto de sentirmos o perigo e a tensão desse mundo de forma maestral. Quem já conhecia se sente prestigiado, quem não conhecia esse universo, se sente hipnotizado. 

 

Um exemplo é quando a Tess, personagem interpretada pela Anna Torv, fala logo no início dos episódios sobre as classificações do infectados para a menina Ellie (BElla Ramsey), trazendo a sensação de engajamento para os engajados e preparando a tensão para o que está por vir dos que desconhecem esse novo mundo, assim como a personagem Ellie. Outros exemplos foram a cena na água, onde os fãs já sabiam que Ellie não nadava e os novos fãs desconheciam isso e os possíveis perigos ou não da água, ou quando explicaram sobre a conexão do fungo, adaptando muito bem a forma como acontece no jogo e até a expectativa de um beijo de despedida e como ele realmente acontece, pra ser a cerejinha do bolo. 

 

As atuações também foram impecáveis, tanto de Pedro Pascal (Joel), quanto da Bella Ramsay, como da Anna Torv. Destaque também para a trilha sonora que nos ajuda a emergir na tensão e ainda nos trouxe uma singela quebra da quarta parede com um sapo! 

Resultado: ansioso para o próximo episódio e prestes a começar a jogar no meu PS3 empoeirado. 

E o que você achou do episódio? Se quiser mais matérias sobre o universo de The Last of Us, deixe nos comentários que aprofundaremos mais além das resenhas. 

 

Comentários

Felipe Braga
Felipe Braga
Jornalista, produtor, especialista em marketing e pai de pet. Colunista de cultura do Portal RJ4 e editor da página @vizinhosdocatete . Apaixonado por audiovisual e suas camadas, comportamento e toda manifestação cultural.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img