25.8 C
Rio de Janeiro
terça-feira, fevereiro 20, 2024
CasaEditoriasCultura / ArtesObservatório de Favelas abre inscrições para a Mostra CineBELA Migrações Periféricas

Observatório de Favelas abre inscrições para a Mostra CineBELA Migrações Periféricas

Data:

Notícias relacionadas

Plano de Segurança da Prefeitura de Nilópolis para o Carnaval Solidário é um sucesso

Única cidade entre os treze municípios da Baixada Fluminense...

Prefeito de Belford Roxo anuncia inaugurações de unidades de saúde

Saúde é prioridade. O prefeito de Belford Roxo, Wagner...

Prefeitura de Nilópolis abre inscrição para doação de animal doméstico

A Prefeitura de Nilópolis abriu sexta-feira (16/02) inscrições para...

De Piaf a Elis: música e dança flamenca no cinema

O espetáculo-filme "De Piaf a Elis: música e dança...
spot_imgspot_img

Interessados podem inscrever curtas-metragens, gratuitamente, de 13 a 29 de janeiro. Autores das obras selecionadas receberão cachê de R$ 520

Com o objetivo de dar visibilidade às produções cinematográficas independentes e periféricas, o Observatório de Favelas está com inscrições abertas para a Mostra CineBELA Migrações Periféricas. Os interessados podem inscrever seus filmes de 13 a 29 de janeiro através do formulário. As inscrições são gratuitas e cada produção selecionada vai receber o valor de R$ 520 referentes à exibição e participação de representante do filme em uma roda de conversa após a sessão.

 

A Mostra apresenta o desejo de debater por meio do audiovisual as vivências de pessoas que passaram por movimentos migratórios em diversas periferias do mundo, dialogando com o cotidiano do Rio de Janeiro. Para a Mostra CineBELA Migrações Periféricas, serão contemplados quatro curtas de até 30 minutos de duração cada, que tenham em seu conteúdo aproximação com o tema, abordando os movimentos migratórios entre territórios periféricos.

 

Coordenadora do Programa Educativo do Galpão Bela Maré, Anna Luisa Oliveira explica que a proposta é apresentar ao público a pluralidade de vivências de quem mudou de território e suas experiências em áreas periféricas. Ela pontua que esse processo também ocorre na Maré com a presença de pessoas oriundas de outras regiões do Brasil e até de outros países.

 

“Exibir produções que dialogam com a migração periférica para essa mostra é apresentar obras a um espectador que tem um interesse muito grande no que vem sendo produzido no cinema nacional. E a Mostra foi pensada para debater esses movimentos migratórios a partir das periferias do Brasil. E faz todo o sentido isso acontecer aqui na Maré, já que há moradores que vieram de 16 países e mais de 25% de quem mora aqui veio do Nordeste”, explica Anna Luisa.

 

O Conjunto de Favelas da Maré tem moradores que vieram de várias partes do Brasil. Segundo um estudo de 2019 da Redes da Maré, 25,8% da população local veio do Nordeste, 0,4% dos moradores são nortistas; 0,1% sulistas; 0,1% são da região Centro-oeste; e 11,3% de outros lugares do Sudeste. Ainda no território mareense 0,2% dos moradores são estrangeiros oriundos de 16 países de diversas partes do mundo.

 

Para participar da Mostra, as obras audiovisuais devem ser apresentadas nos seguintes gêneros: animação, documentário, experimental, ficção ou obras híbridas, lidando com o conjunto dos filmes inscritos sem categorizá-los para efeito de seleção. O edital pode ser acessado aqui.

 

O resultado das inscrições será divulgado no dia 13 de fevereiro e a Mostra acontece de 9 de fevereiro a 30 de março. Os filmes serão exibidos na Praça do Parque União, e no Galpão Bela Maré, na Rua Bittencourt Sampaio nº169, ambos na Maré, Rio de Janeiro – RJ.

 

A Mostra CineBELA Migrações Periféricas é uma realização do Observatório de Favelas com o apoio institucional do Itaú Cultural e do Instituto JCA, conta com a parceria da Produtora Automatica, tem o apoio da Vitrine Filme e da Prefeitura do Rio por meio da RioFilme, órgão que integra a Secretaria de Governo e Integridade Pública.

 

Sobre o CineBELA

Inaugurado em 2017, o cineclube CineBELA é parte da programação regular do Galpão Bela Maré, espaço cultural do Observatório de Favelas, localizado em Nova Holanda, uma das 16 favelas do Conjunto de Favelas da Maré. Buscando democratizar o acesso ao cinema, após a exibição dos filmes são realizadas rodas de conversas como estratégia pedagógica para interação entre espectadores e as diferentes narrativas cinematográficas. Ao longo desses 5 anos, recebemos e realizamos sessões no Bela Maré e também em espaços públicos e/ou de parceiros e recebemos públicos diversos. Ao todo foram mais de 60 sessões, que reuniram mais de 2.500 pessoas. Com esses resultados, o CineBELA se consolida como um espaço de cinema democrático realizado a partir da Maré, possibilitando trocas e construções acerca da produção audiovisual brasileira e internacional, além da produção mareense e de realizadores moradores e/ou oriundos de outras favelas e periferias do Brasil.

 

Sobre o Observatório de Favelas

O Observatório de Favelas, criado em 2001, é uma organização da sociedade civil sediada no Conjunto de Favelas da Maré, com atuação nacional. Dedica-se à produção de conhecimento e metodologias visando incidir em políticas públicas sobre as favelas e promover o direito à cidade. Fundado por pesquisadores e profissionais oriundos de espaços populares, tem como missão construir experiências que contribuam para a superação das desigualdades e o fortalecimento da democracia a partir da afirmação das favelas e periferias como territórios de potências e direitos. Atualmente,  desenvolve programas e projetos em cinco áreas: Arte e Território, Comunicação, Direito à Vida e Segurança Pública, Educação e Políticas Urbanas.

 

Serviço

Mostra CineBELA Migrações Periféricas

Inscrições Abertas de 13 a  29 de janeiro

Edital disponível em https://bityli.com/edital-migracoesperifericas

Inscrição Gratuita

 

Contato:

Assessoria de Imprensa

Renata Oliveira -Tel: (21) 99889-8184

Gabriel Gontijo – Tel (21) 98328-9682

Email: imprensa@observatoriodefavelas.org.br

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img