27.2 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, março 4, 2024
CasaEditoriasEntretenimentoEscuta Festival celebra a produção cultural e criativa das periferias do Rio...

Escuta Festival celebra a produção cultural e criativa das periferias do Rio de Janeiro em três dias de programação no IMS Rio

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Promovida pelo Instituto Moreira Salles, a 4a edição do evento presencial e gratuito acontece de sexta a domingo (20, 21 e 22 de janeiro). A programação inclui shows, performances e cinema com piscina aberta

O Escuta Festival é uma ação que há três anos reúne artistas, realizadores, criadores, produtores, fazedores culturais e interessados na cena da cultura e do ativismo na metrópole fluminense, em uma programação com atividades de múltiplas linguagens que considera a diversidade de territórios da cidade. Após dois anos em que a pandemia impediu a realização de edições totalmente presenciais, em 2023 o Escuta volta a ser presencial e acontece na sexta, no sábado e domingo (20, 21 e 22 de janeiro) no IMS Rio. O evento gratuito evidenciará o encontro e a presença a partir de uma curadoria que propõe diálogos sobre diversidade cultural, de gênero, sexualidade e também a potência da intergeracionalidade.

O time de curadoria, formado por Taísa Machado, Renata Tupinambá, Tom Grito e Lorran Dias, vem repensando estruturas tradicionais de eventos, trazendo formatos mais afetivos e fluidos para as atividades. Será possível assistir a programação de filmes de dentro da piscina do IMS Rio, ou participar de uma conversa em que público e pessoas convidadas partilham papo e comida na mesma mesa. A poeta, rapper, slammer Carol Dall Farra, fará a costura dos dias como mestra de cerimônias.

Na sexta-feira (20 de janeiro), daremos início as atividades a partir das 15h com 4 artistas que sairão dos seus territórios, em diversos pontos da metrópole, rumo ao IMS, narrando seus trajetos a partir de live no instagram, culminando numa performance presencial às 16h. A programação segue com cinema, apresentações artísticas e microfone aberto ao público presente.

No sábado (21 de janeiro), o Escuta começa mais cedo, às 12h, com vivências, sessão de cinema na piscina, uma Ball com diversas categorias, e shows com nomes que estão despontando no funk carioca. E, para encerrar, no domingo (22 de janeiro), as atividades têm início às 11h e contam com troca de ideias, mesa posta, piscina aberta e muito samba no pé.

Serviço
Escuta Festival
Sexta, sábado e domingo (20, 21 e 22 de janeiro)
Evento presencial e gratuito
Endereço: IMS Rio – R. Marquês de São Vicente, 476 – Gávea, Rio de Janeiro – RJ, 22451-040
Programação completa:
Sexta (20/1)
15h às 16h – Performance 4 Ventos
O Escuta Festival convida 4 artistas, moradores do Rio de Janeiro, para reunirem seus 4 ventos no IMS, na Gávea, partindo de seus territórios. Abi Poty, Gênesis, Pedro Rocha e Lucas Ururah trazem suas experiências e vivências para um encontro que traduz em uma só performance coletiva e experimental suas ventanias artísticas.

17h às 18h – Sessão Coragem: Formas em Fluxo
Serão apresentados ao longo dos 3 dias de programação, na piscina do IMS, filmes experimentais que transitam entre os limites do cinema e das artes visuais, realizados majoritariamente por artistas e cineastas residentes no Estado do Rio de Janeiro, sobretudo em territórios periferizados. FILMEManhã de Domingo, dir.: Bruno Ribeiro, 2022

18h às 20h – Sarau Anticiclone
A celebração do dia fica por conta de Jefferson Placido com seu IraJazz, os artistas dos 4 ventos desta cidade em um palco aberto ao público para uma experimentação “Jam Session” de improvisos poéticos e musicais, além de uma performance da curadora e artista Taísa Machado.

Sábado (21/1)
12h às 13h30 – Vivência Ballroom Mercado Sul
A Vivência Ballroom do Escuta Festival receberá o Legendary Papi Guajá Onijá, Father da House Onijá, pertencente ao povo Guajajara em uma conexão ballroom indígena-originária no Rio de Janeiro. Será uma tarde de trocas sobre as diferentes linguagens que compõem a cultura ballroom.

14h às 16h – Sessão Coragem: Formas em Fluxo
Serão apresentados, na piscina do IMS, filmes experimentais que transitam entre os limites do cinema e das artes visuais, realizados majoritariamente por artistas e cineastas residentes no Estado do Rio de Janeiro, sobretudo em territórios periferizados. FILMES: EDNA, dir.: Edna Lúcia de F L Toledo, 2018; Meu Universo Corpa, dir.: Paulo Victor Lino e Wallace Lino, 2022; Podemos Ser Mais do que Imaginamos Ser, dir.: Sabine Passareli e Vicente Baltar, 2022
16h às 18h – Mini Baile de Guerrilha
O Escuta Festival recebe na piscina do Instituto Moreira Salles a cena Ballroom carioca oferecendo seu baile: o Mini Baile de Guerrilha. A Casa de Onijá RJ, representada por Aurora Onijá e Papi Guajá Onijá, apresenta a Ball nas categorias: Trans Face, Runway + Best Dressed, Vogue Ota e Categoria Surpresa.

18h às 19h30 – Mostra de Música Ilu Cidade

A Mostra Ilu Cidade convida potências do funk e trap do Rio de Janeiro, celebrando um encontro cheio de ritmo, contemplado por artistas indígenas e negros que movimentam e alimentam a cidade com muito Ilu, palavra yorubá que celebra o poder de promover encontros e ideias que só o ritmo tem.

Domingo (22/1)
11h às 13h – Feira de Trocas Exusíacas
O Escuta Festival irá selecionar 3 projetos artísticos e culturais, em fase inicial, para o processo de Ori-entações da Feira de Trocas Exusíacas. Dentre estes, 1 projeto será selecionado pela banca dos curadores do Escuta Festival para receber mentorias com profissionais indicados pelo IMS.

13h às 15h – Ajeum
A mesa posta propõe um novo formato de conversas, reunindo artistas, público e equipes do Escuta e do IMS para trocar sobre temas como Juventude de Terreiro, Intolerância Religiosa, Juventude Indígena Favelada, Arte Indígena e O Lugar das Crianças na construção de encontros culturais e de arte, enquanto alimentam o corpo e as ideias.

15h às 15h30 – Toré
Toré é uma performance de canto e dança tradicional de povos originários do nordeste, que une dança, música, brincadeira e espiritualidade. Neste, em especial, do Povo Pataxó para “Muká, mukaú”, que significa reunir.
16h às 17h – Sessão Coragem: Formas em Fluxo
Serão apresentados, na piscina do IMS, filmes experimentais que transitam entre os limites do cinema e das artes visuais, realizados majoritariamente por artistas e cineastas residentes no Estado do Rio de Janeiro, sobretudo em territórios periferizados. FILME: Entre a Colônia e as Estrelas, dir.: Lorran Dias, 2022 49’ | Brasil | colorido
17h às 18h30 – Roda de Samba Nó na Madeira
A roda de samba Nó na Madeira encerra a quarta edição do Escuta Festival, celebrando o reencontro, o olho no olho e os abraços que só os cantos desse ritmo são capazes de promover.
Todos os dias – Feira Crespa
A Feira Crespa é uma ação afirmativa itinerante que tem como objetivos principais a valorização da mulher negra e estará na programação dos 3 dias do Escuta Festival garantindo a comida boa, os trajes de banho e muito mais para o público.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img