24 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, maio 20, 2024
CasaEditoriasMeio ambienteJovens de comunidades do Rio estão na linha de frente em favor...

Jovens de comunidades do Rio estão na linha de frente em favor do meio ambiente

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Programa Ambiente Jovem atende a 660 pessoas em 22 áreas vulnerabilidade social

O acúmulo de lixo e entulho no caminho de casa já não chamavam a atenção do jovem John Marllon, de 17 anos, morador de Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A rotina de problemas provocados pelo descarte incorreto de materiais mudou desde abril do ano passado, quando o olhar do rapaz para o meio ambiente começou a mudar. O que muito colaborou para a mudança de visão e atitude de John é que ele se tornou um dos 660 jovens moradores de 22 áreas de vulnerabilidade social em comunidades do Rio que ingressaram no Ambiente Jovem. O programa é o maior em educação ambiental do país.

O Ambiente Jovem abrange 41 cidades fluminenses e, na quinta-feira (12/01), formou 1.200 jovens, que estão aptos a atuar como agentes de transformação ambiental e social nos territórios onde moram.

“Além de passar a me preocupar com o lixo, antes do Ambiente Jovem, eu desperdiçava água. Agora, mudei. O dinheiro que ganhei com a bolsa-auxílio também ajudou muito. Com ele, conseguia pagar a minha conta de luz” – contou Marllon, que era aluno do núcleo da comunidade da Muzema, também na Zona Oeste.

O programa beneficia quem mais precisa de qualificação e incentivo em comunidades e territórios vulneráveis.

“Um dos grandes destaques do Ambiente Jovem é o caráter multidisciplinar, unindo qualificação profissional, empreendedorismo e valorização da juventude fluminense. O Ambiente Jovem é o Governo do Estado despertando a consciência nos jovens do Rio de Janeiro, e eles serão multiplicadores desse conhecimento. Eles têm a chance de impactar de forma positiva as respectivas comunidades e, com isso, gerar uma onda de ações sustentáveis” – afirma o governador Cláudio Castro.

O Ambiente Jovem foi idealizado pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, sendo voltado para jovens de 16 a 24 anos. Os alunos têm aulas teóricas e práticas de diversas atividades (sobre a temática do meio ambiente e sustentabilidade) e ainda recebem a bolsa no valor de R$ 200, vinculada ao mínimo de 75% de presença nas atividades.

“Estamos muito orgulhosos de termos beneficiado essas comunidades com o Ambiente Jovem. Temos certeza de que esses jovens não são os mesmos de quando entraram. Formamos cidadãos com grande capacidade de fazer mudanças positivas no futuro de suas comunidades e do nosso planeta” – avaliou o vice-governador e secretário da pasta, Thiago Pampolha.

A técnica ambiental Iara Nascimento, de 23 anos, é professora do programa na comunidade da Muzema. Segundo ela, os jovens passaram a olhar para o espaço onde vivem de forma mais sustentável. Durante as aulas, os jovens aprenderam sobre as mudanças climáticas, a sustentabilidade, o ciclo de vida dos produtos, além de terem participado de aulas práticas onde apresentaram um plano de interação com suas comunidades.

 

“Se cada um fizer a sua parte, ninguém precisa fazer a do outro. Durante as aulas práticas os alunos perceberam que o que eles consideravam lixo pode não ser. Contamos com a ajuda de um oficineiro de ecomoda e utilizamos material reciclável para produzir ecobags” – lembrou Iara.

Professora dos núcleos das comunidades de Manguinhos e do Jacarezinho, Isadora Soares Ferreira, de 21 anos, conta que o lixo jogado no valão que corta a comunidade é um dos principais relatos de problemas que incomodam os jovens do Jacarezinho.

“Conseguimos despertar nos jovens a consciência de que cuidar do meio ambiente tem impacto direto no cotidiano deles. Conseguimos produzir brinquedos para crianças de uma ONG usando material reciclável. Também recuperamos um espaço onde tiramos o lixo e plantamos mudas de flores” – relatou Isadora.

Após a conclusão do curso, os integrantes do Ambiente Jovem receberam orientações sobre o posicionamento no mercado de trabalho e em universidades.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img