21.5 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, junho 20, 2024
CasaEditoriasEducação“A saúde mental do povo negro é negligenciada pelo sistema de saúde...

“A saúde mental do povo negro é negligenciada pelo sistema de saúde pública no Brasil”, alerta escritora Luiza Mandela em novo livro

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Ela é uma das autoras da publicação “Saúde Mental da População Preta Importa”.

Crises econômicas, sociais, políticas e democráticas atingem de maneira contundente a população negra no Brasil atual, situação que é reforçada pela extrema desigualdade social, racismo estruturante e múltiplas formas de violência, afetando a saúde mental desse grupo. Essa é uma das reflexões que podem ser encontradas no livro “Saúde Mental da População Preta Importa”, que dentre os autores traz a escritora Luiza Mandela. Na publicação recém-lançada pela Editora Conquista, ela faz um alerta para a urgência do tema.

“Essa é uma questão primordial que precisa ser debatida por toda a sociedade, por que considerando todo o contexto social à saúde mental do povo negro é negligenciada pelo sistema de saúde pública. Precisamos nos atentar a isso e consumir pessoas pretas produtoras de conteúdo pode ser um passo importante para a busca de soluções desse problema”, reforça Luiza.

O conjunto de capítulos do livro tem por objetivo empoderar, alertar e conscientizar a população preta sobre as necessidades relacionadas à saúde mental e qualidade de vida. Nesse cenário, diferentes assuntos voltados à reflexão sobre temas como identidade e ascensão social na análise de diversos autores no livro, dando subsídios aos leitores no que tange à saúde mental da população preta.

Pedagoga, Psicopedagoga, Pós-graduada em Gestão de Recursos Humanos, Gestão Educacional Integrada e Mestra em Relações Étnico Raciais, Luiza Mandela tem atuação marcante no debate racial. Na educação antirracista, por exemplo, entrou na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro em 2012. Foi nesse momento que percebeu a necessidade de crianças negras conhecerem suas histórias e autoestima trabalhadas positivamente. Ao longo dos anos, ela vem atuando nesse sentido, já tendo inclusive recebido uma moção de Congratulações em 2021, pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro pelo trabalho realizado.

Além disso, a professora Luiza Mandela tem alguns livros, dentre eles os seguintes títulos: Mães Pretas: Maternidade solo e dororidade, Sobre nossas avós: memória e ancestralidade, Educação Sócio emocional e como coordenadora editorial “Seja Potência Negra”, que será lançado em 2023. Outra área de atuação da especialista é o curso “Letramento Racial”: 100 % gravado, a iniciativa é dividida em 4 módulos (Raça, Eugenia e educação, Vozes da resistência, racismo estrutural e branquitude, e sendo antirracista na prática) e pode ser acessado através da plataforma Hotmart.

“A proposta do meu trabalho faz com que as pessoas tenham mais base teórica para o enfrentamento ao racismo estrutural. Munidas desse conhecimento, é possível dizer que uniremos mais gente na luta por mais equidade na sociedade”, afirma Luiza.

Crédito da Foto: Editora Conquista.

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img