26 C
Rio de Janeiro
sábado, maio 18, 2024
CasaBaixadaNova IguaçuEla fez da sua luta pessoal uma batalha por todas nós

Ela fez da sua luta pessoal uma batalha por todas nós

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Após vencer o Câncer de Mama, mulher ajuda pacientes com câncer

Incertezas, descoberta, medos, tratamento, mais medo. Essa é a rotina de muitas mulheres ao saber que tem Câncer. Em 2022 foram estimados 66.280 casos novos, o que representa uma taxa ajustada de incidência de 43,74 casos por 100 mil mulheres, de acordo com estudos do INCA ( Instituto Nacional do Câncer). A doença é uma das maiores causas de mortes entre as mulheres. Ela assusta, aterroriza, mas uma mulher em especial fez a diferença após o diagnóstico.

 

Aos 35 anos em 2016, a contabilista Jaqueline Chagas recebeu a notícia de que estava com câncer de mama em fase avançada. Quem descobriu o nódulo foi o marido ao tocar no seio dela.

Na quinta quimioterapia, ela teve de ser internada por conta de uma infecção generalizada e neutropenia gravíssima. Nessa época, os médicos a deram somente de quatro a cinco dias de vida. Porém, contrariando todos os cenários, venceu a doença. Hoje ela está curada, ou como os médicos falam, em remissão.

 

O desespero e as consequências que viraram esperança

 

Durante o tratamento, Jaqueline sofreu com a queda dos cabelos e chegou a passar cola para tentar evitar que caíssem. Logo depois do tratamento, com apenas 6 meses, enfrentou novas complicações, sendo dessa vez no ovário. Ela precisou fazer uma Histerectomia radical, que envolveu a retirada do útero, das trompas e do ovário. Isso a impossibilitou de realizar um grande sonho que tinha: ser mãe.

Eu entendo a dor e o sofrimento de quem recebe o diagnóstico de câncer. Vivi todas as fases, tive alteração no meu peso, vi meus cabelos caírem e precisei retirar meus ovários. O Unidas para Sempre funciona como uma válvula de escape e um grande trabalho solidário. Acolhemos todos que precisam de carinho, atenção e amor. O Câncer acabou com meu sonho de ser mãe, mas o Instituto é o filho que gerei para ajudar quem precisa”. – explica Jaqueline.

 

 

Criação do Instituto, serviços gratuitos e cestas básicas 

 

Depois dessa experiência ela resolveu criar o Instituto Unidas para Sempre para ajudar outras mulheres que sofrem com a doença, além de ajudar quem tem outros tipos de câncer. Aliás, eles também atendem homens e crianças.

No começo era apenas um grupo de troca de mensagens no Facebook. Depois, tornaram-se um grupo de amigos e voluntários. E a força da solidariedade foi só evoluindo.

Hoje, o Instituto Unidas para Sempre oferece vários serviços gratuitos e atendimento multidisciplinar, como, por exemplo, acompanhamento com nutricionista, psicóloga, dermatologista, mastologista, oficina de automaquiagem, terapeuta sexual, oncologista, micropigmentação, entre outros.

Segundo a fundadora, a instituição realiza mensalmente a distribuição de cestas básicas para famílias de pacientes de câncer. O trabalho não conta com a ajuda do governo e é realizado somente com o apoio de parceiros e voluntários. “Mesmo tendo poucos recursos, conseguimos doar 4 toneladas em 2022”.

O Instituto Unidas Para Sempre também vai realizar um bazar beneficente, no dia 15 de outubro, no Salão de Festas Roberta, em Nova Iguaçu. Os valores arrecadados vão ser revertidos para a compra de cestas básicas.

Pacientes e Voluntários do Unidas para Sempre – Divulgação

 

No dia 28 de outubro, das 10h às 17h, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, acontecerá um evento gratuito do Instituto, que visa promover um dia de descontração e autocuidado, além de mostrar que é possível superar o câncer com alegria no coração.

Durante a programação, haverá diversas atividades ao ar livre, como, por exemplo, aulas de dança, atividades físicas, oficina de maquiagem, ensaio fotográfico, sorteio de brindes, momento de relaxamento entre outros. Também terá atendimento jurídico gratuito para tirar dúvidas e obter orientações sobre os direitos do paciente de câncer.

Quer ajudar ao Instituto ?

Acesse o site : www.unidasparasempre.com.br/  e saiba como proceder.

 

Nossa guerreira Jaqueline Chagas passou por muitos momentos dolorosos e venceu cada um deles com esperança e amor no coração. Muitas mulheres nesse momento podem estar passando o mesmo. Para vocês, deixo a seguinte reflexão:

” Não desista. Encare de peito aberto com serenidade, fé e otimismo. Se uma mulher venceu, muitas outras podem vencer. Se cuide. Faça o auto exame e, principalmente, não se entregue em momento algum. Você pode e vai vencer.”

Neste mês, comemoramos o Outubro Rosa, o mês de Conscientização ao Câncer de Mama. Seja solidário. Apoie essa causa.

Comentários

Cristiane Braga
Cristiane Braga
Coordenadora da Redação do Portal RJ4,Jornalista ,Produtora de Eventos,Tv e Rádio, Cris é uma carioca apaixonada pela profissão e pelo Carnaval. Atua no setor desde 1994, quando tinha apenas 15 anos e descobriu sua vocação. Formada desde 2001 pela UGF como Bacharel em Comunicação Social. Além dos afazeres jornalísticos, ela é Manager da Cris Mattos Assessoria de Comunicação

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img