25.8 C
Rio de Janeiro
terça-feira, fevereiro 20, 2024
CasaCultura / ArtesCarnavalLins Imperial terá musa japonesa em 2023

Lins Imperial terá musa japonesa em 2023

Data:

Notícias relacionadas

De Piaf a Elis: música e dança flamenca no cinema

O espetáculo-filme "De Piaf a Elis: música e dança...

Viviane Araújo esbanja simpatia no camarote Inimigos do Fim

Neste Carnaval 2024, Viviane Araújo é Rainha do camarote...

Orientações indispensáveis para curtir o carnaval com saúde

À medida que o carnaval se aproxima, a expectativa...

Abram alas para a Corte Momesca de Nilópolis

A abertura do 'Carnaval Solidário Nilópolis 2024' será no...

‘Carnaval Solidário’ Nilópolis 2024

'Carnaval Solidário'. Esse será o nome da Folia de...
spot_imgspot_img

Aki Ueno estreará na verde e rosa do Lins, segunda escola a desfilar na sexta-feira de Carnaval.

Vai ter samba no pé japonês na Lins Imperial em 2023. Aki Ueno estreia como musa na verde e rosa do Lins, no próximo Carnaval, quando a agremiação será a segunda a desfilar na Marquês de Sapucaí pela, Série Ouro, na sexta-feira de Carnaval, 17 de fevereiro, como o enredo “Madame Satã: resistir para existir”.

Aki Ueno saiu do Japão para estudar na faculdade dos Estados Unidos e reside há 20 anos na Califórnia. Através de intercâmbio com a faculdade, conheceu o Rio de Janeiro e se encantou com o desfile das escolas de samba. A paixão foi tanta que ficou mais seis meses na cidade e dedicou-se a aprender a língua portuguesa. Nesse período, fez estágio no barracão da madrinha, Mangueira, no setor de confecção de fantasias. De lá para cá, já soma 15 anos de desfiles nas escolas do Carnaval carioca e na escola de samba da Califórnia.

– Durante a quarentena, me dei conta que eu realmente amo o samba, porque dançando o samba levanta a minha felicidade e diminui o estresse. A responsabilidade de ser musa é enorme, tanto pela escola que completará 60 anos, como pela evolução pessoal. A inclusão é importante porque o amor ao samba não tem fronteiras. Eu carrego a bandeira do Carnaval no exterior transmitindo o amor pelo samba e vou mostrar que a gringa tem samba no pé. Juntos com todos os componentes, demonstraremos o enredo para lutar contra a injustiça, educar o povo e reafirmaremos a resistência – avisa a nova musa.

A Lins Imperial realiza seus ensaios todos os domingos, de 16 às 22h, na quadra, situada à Rua Lins de Vasconcelos, 623 – Lins. A entrada é franca.

Foto: Divulgação.

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img