24 C
Rio de Janeiro
terça-feira, julho 23, 2024
CasaNotíciasDesfile cívico de Nilópolis retorna após cinco anos

Desfile cívico de Nilópolis retorna após cinco anos

Data:

Notícias relacionadas

Sesc RJ leva alegria circense a São João de Meriti neste domingo

O espetáculo de circo-teatro infantil Resta 1 se.apresentará, neste...

Faetec oferece 442 vagas para Ensino Superior

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), vinculada...

Burnout materno: conheça os impactos na saúde mental de mães e filhos 

O universo feminino, especialmente o materno, é cheio de...
spot_imgspot_img

Atividade integrou comemoração pelos 75 anos de emancipação da cidade

Depois de cinco anos, a Prefeitura de Nilópolis voltou a comemorar o aniversário de emancipação político-administrativa do município com um desfile cívico. A solenidade foi realizada no sábado, dia 27 de agosto, na Avenida Mirandela, no trecho entre a Rua Wallace Paes Leme e João Pessoa. Desde 7h30, representações de escolas das redes pública municipal, estadual e particulares da cidade estavam concentradas na altura da Rua Wallace Paes Leme e se organizavam para participar do evento.

A cerimônia começou pouco depois das 8h20, com a interpretação dos hinos nacional e municipal pela banda da Escola Municipal de Música Weberty Bernardino Aniceto, sob regência do maestro Jorge de Paula, também diretor da unidade. O prefeito Abraãozinho, a vice-prefeita Flávia Duarte, a secretária de educação Débora Carlos, demais secretários e a população interpretaram os hinos com emoção. E fizeram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da Covid-19.

Abraãozinho celebrou o retorno dos desfiles após de cinco anos e agradeceu o empenho de todos os funcionários que participaram da montagem do palanque e da arquibancada, além dos que estavam na organização da comemoração. Ele também saudou e elogiou a banda municipal e Jorge de Paula pela competência na execução das canções.

“É um momento especial, um momento em que a gente transmite amor para essas crianças e recebe de volta. Desde o início, quando nos propusemos a administrar essa cidade, fomos escolhidos pelo povo e determinados por Deus, e a gente sempre teve essa proposta de transmitir o amor, a verdade, o carinho e o respeito”, discursou, grato também pelo comparecimento das escolas privadas e da rede estadual.

A vice-prefeita Flávia Duarte fez um discurso breve e emocionado. “Agradeço à escola pública e à escola privada, porque somos um só. E o que vamos mostrar aqui é o trabalho em equipe: é amor, carinho, dedicação, a cada ser que passar por aqui. Amamos cada pequeno, cada criança, e demos o nosso melhor. Então, o nosso muito obrigada”, concluiu.

Guarda Municipal abre desfile

Sob o comando do secretário de Segurança Pública de Nilópolis, Esmar França, diretores e coordenadores, 40 agentes da guarda municipal abriram o desfile. Um grupo levava uma faixa festejando os 20 anos que a instituição acabou de completar. Como faz há alguns anos, William Santana, de 9 anos, vestia um uniforme de guarda-mirim e marchou à frente do séquito, onde estavam seus pais, os guardas municipais Cristina Santana e Rodrigo Santana.

Em seguida, entrou o cortejo do Instituto de Educação Carlos Pasquale (IECP), com a banda tocando o hino da escola, criado por seus próprios estudantes e selecionado pela comunidade escolar. Uma parte deles levava as bandeiras dos 26 estados e do distrito federal de nossa república federativa. E a banda do CE Aydano de Almeida, sob comando do maestro Alexandre, tocou o louvor bíblico ‘É tudo sobre você’. Além dos alunos, professores deste colégio também fizeram o percurso.

Personagens infantis da literatura

A partir daí, a avenida foi tomada por personagens da literatura brasileira e mundial, poetas, teóricos da educação, músicos e artistas em geral com o desfile de crianças das redes privadas e da rede municipal de ensino. Sininho e Peter Pan estavam à frente do Jardim Escola Peter Pan. E a conscientização sobre a importância da preservação do meio ambiente também caminhou pela avenida.

John Lopes, aluno de 2 anos e meio da Creche Elizabeth Batista, é cadeirante e chamou a atenção de Abraãozinho, Flávia e da secretária Débora Carlos. E Leandro Ramos, de 3 anos, entregou ao prefeito um passaporte pedindo autorização para a unidade escolar se apresentar. Um ‘mar’ formado por crianças marcou a passagem da primeira creche da cidade, a Rubens da Gama Menezes, criada em 2018.

A educação antirracista promovida pela equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação foi lembrada por muitas escolas da rede que passaram na Avenida Mirandela. Assim como o incentivo à leitura promovido pelo projeto ‘Contos que encantam’. O projeto ‘Arte Faz Parte’, com oferecimento de aulas de vôlei, handebol, futesal, canto, balé clássico, pilates de solo e de música em escolas municipais, também foi apresentado à população.

A inclusão foi lembrada, principalmente nas escolas Paul Harris, de educação especial, e na Carlos Drummond de Andrade, onde há aulas de libras para alunos mudos e também para os estudantes falantes, a fim de que todos possam se comunicar e integrar dentro e fora da sala de aula, facilitando e estimulando o aprendizado.

Bandas como Real Dragão, do Colégio Realengo, a iguaçuana Fejup, a de Fanfarras estadual Juca-Pirama e do CE Rubens Farrulla animaram o público com interpretações de canções como Tema da Vitória de Ayrton Senna, Tema do programa Esporte Espetacular, e funks como Cheguei, de Ludmilla. E as coreografias executadas pelos músicos da banda show Tenente Brasil Rússia, com seus regentes à frente, causou frisson nas pessoas que estavam na arquibancada.

Encerrando o desfile, a Secretaria Municipal de Cultura apresentou as escolas municipal de Música, Dança, Teatro e Artes Plásticas. Em seguida, passaram pela avenida as secretarias de Cidadania e Direitos Humanos e de Trabalho. A Secretaria de Educação foi a última a se apresentar e comemorou o sucesso da atividade com a participação da vice-prefeita Flávia Duarte e da secretária Débora Carlos. Os secretários Dean Senra (Meio Ambiente), Antônio Carlos (Cultura), Renato da Van (Cidadania) e Eduardo Amorim (Trabalho) acompanharam suas equipes.

Posto volante de vacinação

Crianças e adolescentes maiores de 1 ano até 15 anos que estiverem presentes ao desfile cívico tiveram a oportunidade de atualizar a caderneta de vacinação. Um posto de vacinação volante da Secretaria Municipal de Saúde ficou localizado na esquina da Praça dos Estudantes com Rua João Pessoa durante toda a manhã, participando da campanha contra a poliomielite e a multivacinação.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) ficou estacionada na Rua João Pessoa, esquina do Colégio Estadual Antônio Figueira de Almeida (AFA) para prestar socorro em caso de necessidade.

Interdição do trânsito

Por causa do evento, o trânsito foi interditado das 6h às 17h. As ruas Mirandela, Wallace Paes Leme, Travessa Ramos, Virgílio de Oliveira, José do Patrocínio, Jornalista Hungria e João Pessoa foram fechadas. A dispersão foi na rua Zezinho, que teve a direção de trânsito invertida.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img