24 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, maio 20, 2024
CasaBaixadaNilópolisNilópolis: cidade amiga dos animais

Nilópolis: cidade amiga dos animais

Data:

Notícias relacionadas

‘Nilópolis abraça o Rio Grande do Sul’

Nilópolis abraça o Rio Grande do Sul'. Este é...

Lei cria comedouros comunitários para animais em Nilópolis

Nilópolis é a primeira cidade da Baixada Fluminense a...

Equipe de Taekwondo da Casa da Luta Nilopolitana conquista Campeonato CFT

A equipe de taekwondo da Casa da Luta Nilopolitana...

Casa Escrevivência Conceição Evaristo recebe representantes de Nilópolis

Já imaginou conhecer cada detalhe da história do passado...

Parque do Gericinó terá domingo com grandes atrações

Este domingo, 7 de abril, o Parque do Gericinó...
spot_imgspot_img

Dez leis sancionadas nos últimos dois anos mostram a adesão do município à causa

Cada vez mais Nilópolis quer se tornar uma cidade amiga dos animais. Três leis sancionadas ano passado e sete aprovadas em 2022 consolidam esta decisão tomada pelo prefeito Abraãozinho em parceria com a câmara de vereadores. A última regulamentação, de nº 6.176, de 5 de julho, institui a Feira Municipal de Adoção de Animais Domésticos. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) e a Vigilância Sanitária Municipal são os dois setores responsáveis por implementar essa legislação.

A denúncia de maus tratos aos bichos, a criação de um cadastro municipal de protetores de animais, a obrigação de prestação de socorros aos animais atropelados pelo atropelador; a instituição da Campanha Dezembro Verde – Não ao abandono de animais, a permissão do transporte de animais nos coletivos, a proibição de tatuagens e piercings em pets; a interdição do uso de correntes como coleiras, o fim gradativo de veículos com tração animal, estão nessa lista.

“O prefeito Abraãozinho pediu tolerância zero com quem maltrata os animais e os abandona”, revelou o secretário de Meio Ambiente Dean Senra, que atualmente transporta esses pets para uma instituição parceira, que cuida dos bichos rejeitados pelos tutores. Por sua vez, o diretor da Vigilância Sanitária, veterinário Gustavo Naame, afirmou que ambos os departamentos promovem ações para estimular a posse responsável dos pets.

Os moradores poderão denunciar casos de maus tratos aos animais, por intermédio do número do Disque Denúncia, conforme determina a lei nº 6.698. O serviço, ainda em implantação, deverá disponibilizar uma linha telefônica para recepção, o processamento e o encaminhamento das denúncias aos órgãos competentes, para as providências cabíveis.

Gustavo Naame lembrou que o cadastro municipal dos protetores é importante e acrescentou que o município oferece castração e vacinação antirrábica para os animais cujos cuidadores são cadastrados. “É importante sabermos onde estão e quantos animais são abrigados pelos protetores”, observou. No caso dos bichos atropelados, a prestação de socorro imediato e obrigatório é importante para preservar, na medida do possível, a vida do animal.

Todo motorista, motociclista e ciclista que atropelar animal nas ruas será obrigado a prestar socorro. O não cumprimento desta lei resultará em multa ao condutor. A fiscalização e aplicação da penalidade serão de responsabilidade da Guarda Ambiental Municipal e da Secretaria de Meio Ambiente. Assim que a Secretaria de Transporte, ao constatar acidente que envolva animal, deverá comunicar imediatamente os dois setores citados.

A Secretaria de Meio Ambiente será a responsável por dar o suporte necessário para a realização da Campanha Dezembro Verde – Não ao Abandono de Animais. O mês foi escolhido por ser a época em que o número de animais abandonados aumenta por causa da proximidade das férias. Para dar visibilidade à ação, a campanha incluirá eventos e divulgação com material publicitário.

A legislação criada inclui ainda: permissão do transporte de animais em ônibus, um Dia Municipal para Vacinação Animal, a criação do selo municipal Amigo dos Animais; a regulamentação do funcionamento do Castramóvel, que já existe na cidade.

A legislação

Lei 6637/2021 – Permissão do transporte de animais nos coletivos
Lei 6638/2021 – Proibição de tatuagens e piercings em animais
Lei 6640/2021 – Proibição do uso de correntes como coleiras
Lei 6690/2022 – Fim gradativo de veículos com tração animal
Lei 6698/2022 – Criação do Disque Denúncia de maus tratos aos animais
Lei 6699/2022 – Cadastro Municipal de Protetores de Animais
Lei 6682/2022 – Regulamentação do Castramóvel
Lei 6683/2022 – Criação do Selo Municipal Amigos dos Animais
Lei 6686/2022 – Dia Municipal de Vacinação Animal
Lei 6.716/2022 -Institui a Feira Municipal de Adoção de Animais Domésticos no Município de Nilópolis

 

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img