32 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
CasaBaixadaNilópolisEstatuto da Criança e do Adolescente completa 32 anos

Estatuto da Criança e do Adolescente completa 32 anos

Data:

Notícias relacionadas

Plano de Segurança da Prefeitura de Nilópolis para o Carnaval Solidário é um sucesso

Única cidade entre os treze municípios da Baixada Fluminense...

Nilópolis inicia ano letivo de 2024

O ano letivo de 2024 iniciou nesta segunda-feira (19/2)....

Prefeito de Belford Roxo anuncia inaugurações de unidades de saúde

Saúde é prioridade. O prefeito de Belford Roxo, Wagner...

Prefeitura de Nilópolis abre inscrição para doação de animal doméstico

A Prefeitura de Nilópolis abriu sexta-feira (16/02) inscrições para...
spot_imgspot_img

A manhã desta quinta-feira (4/8) foi animada na OAB de Nilópolis. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social celebrou os 32 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) com crianças nilopolitanas discursando sobre a importância do direito da alimentação, à educação, saúde, família e respeito.

O Estatuto da Criança e do Adolescente garante a proteção de seus direitos por meio de normas. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Vanessa Matta, representou a secretária de Desenvolvimento Social, Everline Lima. Ela agradeceu às crianças presentes.

“A gente vem pedindo que essa mudança ocorra. Eles sabem que não tem somente os direitos, mas os deveres também. Nós vamos passar por todo o nosso município ensinando os direitos e seus deveres, principalmente o respeito ao próximo”, disse Vanessa.

Pedro Henrique, mais conhecido como Pedro Panda, de 14 anos, relatou sua história com o bullying e como superou. “Eu sofri bullying com nove anos. Por eu ser mais gordinho, meus colegas me apelidaram de panda na escola. Logo depois criei um canal no youtube e coloquei o apelido que era um problema na minha vida, e ele me levou a muitos inscritos. Participei de uma entrevista no programa do Caldeirão do Huck, e aí recebi diversas propostas”.

Emocionado, o secretário de Segurança Pública, Esmar França, contou sua história de vida nos anos em que morou na rua e ressaltou a importância do ECA. “Sabemos que muitos que estão na rua querem mudar de vida. A preocupação que o ECA tem com as crianças e adolescentes é muito importante. Quero deixar claro que a Secretaria de Segurança estará sempre disposta a ajudar”.

Também estavam presentes representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Segurança Pública, Conselho Tutelar, a superintendente de Diretos da Mulher, Nilcea Cardoso, o procurador Geral da Câmara de Vereadores, Bruno Cabral, e educadores.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img