26 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
CasaEditoriasEmpregosNilópolis promove 12º Fórum de Trabalho da Baixada Fluminense e balcão de...

Nilópolis promove 12º Fórum de Trabalho da Baixada Fluminense e balcão de emprego

Data:

Notícias relacionadas

Plano de Segurança da Prefeitura de Nilópolis para o Carnaval Solidário é um sucesso

Única cidade entre os treze municípios da Baixada Fluminense...

Nilópolis inicia ano letivo de 2024

O ano letivo de 2024 iniciou nesta segunda-feira (19/2)....

Prefeitura de Nilópolis abre inscrição para doação de animal doméstico

A Prefeitura de Nilópolis abriu sexta-feira (16/02) inscrições para...

Abram alas para a Corte Momesca de Nilópolis

A abertura do 'Carnaval Solidário Nilópolis 2024' será no...

‘Carnaval Solidário’ Nilópolis 2024

'Carnaval Solidário'. Esse será o nome da Folia de...
spot_imgspot_img

Nilópolis sediou o 12º Fórum de Trabalho da Baixada Fluminense e promoveu o balcão de emprego nesta terça-feira (26/7), no Espaço 723 Festas, para cerca de 150 pessoas. As autoridades convidadas debateram sobre a falta de emprego, a capacitação do profissional e pontuaram ações das cidades representadas no evento.

No balcão de emprego, foram entregues 120 currículos, 50 pessoas se inscreveram nos cursos oferecidos pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento Econômico.

Recentemente, o prefeito Abraãozinho aprovou a criação do Fundo Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, que proporcionará captação de verbas de diversos mecanismos para a realização de programas e projetos vinculados à pasta. O assunto foi abordado no fórum.

“Foi de grande importância criar o Conselho Municipal de Trabalho junto com o Fundo Municipal de Trabalho. Foi uma luta muito grande. O caminho é qualificar e capacitar os cidadãos. Vamos criar os projetos para gerar recursos com mais facilidade”, salientou o secretário de Trabalho, Eduardo Amorim.

O assessor especial do Ministério do Trabalho, Eduardo Medeiros, foi um dos convidados e discursou sobre o atual cenário da economia no país. “O nosso trabalhador precisa de assistência social, investimento e dignidade. O que vemos hoje é um país com a economia que não cresceu em quatro anos. Vemos a falta de investimento na qualificação do trabalhador. Nós precisamos ter uma economia capaz de desenvolver o país e reestabelecer essa possibilidade com emprego de carteira assinada”, destacou Eduardo.

Nos últimos anos o país vem passando pela alta taxa de desemprego. Em Nilópolis, a Secretaria de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento Econômico oferta cursos de capacitação profissional, balcões de emprego, onde são direcionados para as empresas parceiras que possuem vagas, palestras com temas sobre empregabilidade, Expo Trabalho, com serviços gratuitos para a população, entre outros.

Maria de Fátima, de 61 anos, é massoterapeuta há mais de 20 anos e mora em Nilópolis há três anos. Ela está em busca de como crescer profissionalmente na cidade. Atualmente trabalha no Parque Natural do Gericinó Prefeito Farid Abrão.

“Estou recomeçando e quero conhecer como funciona a minha profissão aqui. Eu amei a palestra, estava sentindo falta desse tipo de informação. Gosto de ouvir os moradores e as autoridades. Estou vendo as possibilidades. Minha formação é meditação, yoga e massagem. Quero trazer para Nilópolis o meu trabalho”, disse a massoterapeuta.

Em parceira com as Secretarias de Trabalho, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) esteve presente com a representante Safira Ferraz, ressaltando que o papel da empresa é gerar profissionais competentes.

“O Senac capacita e qualifica para gerar emprego e geração de renda. Nós temos produtos e projetos específicos para vocação de cada região. A gente analisa com dados econômicos e entregamos para cada secretaria. Fazemos todos esses estudos exatamente com foco no primeiro emprego e na qualificação profissional”, enfatizou Safira.

Compondo a mesa, estavam presentes Eduardo Amorim, secretário de trabalho de Nilópolis e presidente do Fórum de Trabalho; Victor Benezath, secretário de Trabalho de Itaguaí; Nelson Matos, secretário de Trabalho de Seropédica; Sérgio Lins, secretário de Trabalho de Belford Roxo; Fernando Cozzolino, secretário de Trabalho de Magé; Antônio Carlos, secretário de Cultura de Nilópolis; Renato da Van, secretário de Cidadania de Nilópolis; Leno, representante da sede de Trabalho de Nova Iguaçu; Safira Ferraz, representante do Senac; Eduardo Medeiros, assessor especial do Ministério do Trabalho; Jorge Marão, representante do sindicato Comércio de Nilópolis; e Denise Moraes, da Fundação para a Infância e Adolescência (FIA).

Imagem: Divulgação

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img