24 C
Rio de Janeiro
domingo, junho 16, 2024
CasaEditoriasEmpregosPrefeitura de Niterói está com vagas abertas para o Agentes pela Cidadania

Prefeitura de Niterói está com vagas abertas para o Agentes pela Cidadania

Data:

Notícias relacionadas

Mocidade realiza aula prática com alunos universitários durante feijoada

Recentemente, tema em sala de aula, a Mocidade Independente...

Drogaria Venâncio promove semana da saúde

Em celebração ao Dia Mundial da Imunização (9/6), a...

Junho Vermelho: saiba o passo a passo da doação de sangue

8A campanha Junho Vermelho tem como intuito ressaltar a...

Transporte gratuito para doação de sangue

Pelo segundo ano consecutivo, os modais de transporte do...
spot_imgspot_img

Programa desenvolvido em parceria com a UFF vai pagar R$ 600 para universitários em situação de vulnerabilidade social que vão prestar serviços nos projetos

A Prefeitura de Niterói lançou, nesta quarta-feira (20), o edital do Programa de Promoção Social Agentes Pela Cidadania, em parceria com a Fundação Euclides da Cunha (FEC-UFF) e com a Universidade Federal Fluminense. O projeto da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (SMASES) vai conceder um benefício socioassistencial de R$ 600, em forma de bolsa de assistência estudantil, que será pago para 100 universitários em situação de vulnerabilidade social de Niterói para desenvolver oficinas nos equipamentos da secretaria para o público dos programas e serviços atendidos. As inscrições podem ser feitas até 3 de agosto. O edital está disponível no portal da Prefeitura (www.niteroi.rj.gov.br).

O secretário Municipal de Assistência Social e Economia Solidária, Elton Teixeira, destaca o pioneirismo na iniciativa com a criação do primeiro programa municipal de permanência estudantil do Brasil.

“O benefício socioassistencial para universitários é algo inovador. Além disso, o Programa se torna ainda mais potente ao vincular esses estudantes ao compromisso de retorno social para o município. A missão dos Agentes Pela Cidadania é também promover o desenvolvimento social para que a população em vulnerabilidade socioeconômica de Niterói tenha instrumentos para superar as situações de pobreza e riscos sociais”, analisa o secretário.

O Projeto é destinado a moradores de Niterói oriundos de famílias com renda per capita de até três salários mínimos mensais. A iniciativa vai colaborar para a permanência estudantil e conclusão do ensino superior de forma qualitativa, visto que a vulnerabilidade socioeconômica é um dos maiores fatores de evasão de estudantes na graduação.

Para Alexandra Anastacio, pró-reitora de Graduação da UFF, o programa combate a evasão dos estudantes e torna a UFF ainda mais inclusiva.

“A parceria da Universidade com a Prefeitura de Niterói é fruto de uma grande articulação da Reitoria que compreende o papel da formação cidadã do estudante como elemento de qualificação acadêmica do futuro profissional. Além disto, o projeto atua combatendo a retenção e evasão da vulnerabilidade dos estudantes licenciandos. A UFF se torna cada vez mais inclusiva em sua prática e a sociedade ganha com isto”, conta Alexandra.

O Programa Agentes pela Cidadania vai desenvolver oficinas nos equipamentos da SMASES para o público dos programas e serviços socioassistenciais, sobretudo para as famílias contempladas pela Moeda Social Arariboia. O objetivo é potencializar o desenvolvimento social a partir de oficinas para provas como o Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) e outras formações de orientação para o mercado de trabalho.

Os estudantes selecionados serão responsáveis por desenvolver atividades pedagógicas com conteúdos relacionados à sua área de graduação para o público dos programas e serviços socioassistenciais. Atividades como reforço escolar, alfabetização, preparação para o mercado de trabalho serão algumas desenvolvidas nas unidades da SMASES espalhadas por todas as regiões da cidade (Zona Norte, Praias da Baía, Pendotiba e Região Oceânica), como: acolhimentos institucionais, CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e Centros de Convivência.

Vagas – São 100 vagas para estudantes de graduação, que residem em Niterói e estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Destas vagas, 70 são destinadas para graduandos da Universidade Federal Fluminense e 30 vagas para outras instituições de ensino superior públicas ou privadas. As inscrições devem ser feitas pelo formulário on-line disponível em: https://forms.gle/WT1d5b2fbHi2Qtip7. O edital contempla os seguintes cursos:

15 vagas para licenciandos(as) de Pedagogia;

5 vagas para graduandos(as) de Serviço Social;

10 vagas para licenciandos(as) de Letras – português;

8 vagas para licenciandos(as) de Letras – inglês;

8 vagas para licenciandos(as) de Letras – espanhol;

10 vagas para licenciandos(as) de Matemática;

10 vagas para licenciandos(as) de História;

2 vagas para licenciandos(as) em Ciências Sociais;

2 vagas para licenciandos(as) em Filosofia;

10 vagas para licenciandos(as) de Geografia;

6 vagas para licenciandos(as) de Biologia;

5 vagas para licenciandos(as) de Química;

5 vagas para licenciandos(as) de Física;

2 vagas para licenciandos(as) de Artes Visuais e/ou Cênicas;

2 vagas para licenciandos(as) de Cinema.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img