24 C
Rio de Janeiro
terça-feira, julho 23, 2024
CasaBem-EstarDoe agasalho para quem precisa

Doe agasalho para quem precisa

Data:

Notícias relacionadas

Projeto Heróis do Amor realiza jantar beneficente no Rio

Chamado “girassóis”, os voluntários da Associação Heróis do Amor...

Burnout materno: conheça os impactos na saúde mental de mães e filhos 

O universo feminino, especialmente o materno, é cheio de...
spot_imgspot_img

Todos os anos a campanha de doação de agasalhos ë feita em prol dos necessitados.

A Campanha do Agasalho 2022, promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social, começou mais cedo neste ano e pode acabar mais tarde. A princípio, a campanha vai até a primeira quinzena de agosto, mas, se for confirmada a previsão de frio polar, decorrente do fenômeno La Niña, a campanha será prorrogada. O objetivo da ação é arrecadar peças próprias para enfrentar o frio, em bom estado, como casacos, calças, meias, cachecóis, gorros, mantas e cobertores.
Até o momento, a campanha arrecadou quase 2 toneladas de roupas, quase o dobro do ano passado, quando a prefeitura recebeu uma tonelada de doações.

Em 2022, o frio chegou à cidade no outono. Na semana passada, os termômetros marcaram a menor temperatura do ano: 11 graus no Alto da Boa Vista. Por isso, a campanha, que começaria no inverno, foi antecipada para 18 maio, quando as mínimas registradas estavam abaixo de 15 graus.

“Este ano, estão incomuns as temperaturas na cidade do Rio, tem feito bastante frio. Tanto que a Campanha do Agasalho foi antecipada em um mês e meio. Além da campanha, que recebe doações de peças de frio para os acolhidos, também intensificamos nossas ações nas ruas para que ninguém fique lá fora sofrendo os efeitos do clima” disse a secretária municipal de Assistência Social, Maria Domingas Pucú.

A população em situação de rua sofre com o frio intenso. O número de atendimentos feitos pela assistência social do município, normalmente em torno de 300, passou para quase 600 desde o começo da operação especial. Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, as peças doadas são higienizadas, separadas por idade e gênero e distribuídas entre a população em situação de rua que recorre a um dos 53 abrigos da prefeitura.

As doações podem ser entregues nas estações Marechal Fontenelle (Transolímpica), Mato Alto e Taquara do BRT, Rio Scenarium (Rua do Lavradio, 20, Centro), SindRio (Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio – Praça Olavo Bilac, 28, 17. andar), Maguje (Rua Jardim Botânico, 1003, Jockey Club) e Mercado São Sebastião (Rua do Arroz, 90, Penha Circular).

 

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img