24 C
Rio de Janeiro
terça-feira, julho 23, 2024
CasaNotíciasEditoriasProjeto Da CEDAE conquista segundo lugar em prêmio internacional de sustentabilidade

Projeto Da CEDAE conquista segundo lugar em prêmio internacional de sustentabilidade

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Iniciativa que utiliza resíduos do tratamento de esgoto para produzir mudas da Mata Atlântica concorreu com mais de 2.500 trabalhos para chegar à final

Após quase seis meses de seleção e disputa com mais de 2.500 projetos de 22 países, a Cedae conquistou, na noite deste domingo (24/4), o segundo lugar da categoria ‘Resíduos’ do Premios Verdes, maior premiação de sustentabilidade das Américas. Com o projeto “Reciclagem Florestal do Lodo de Esgoto”, desenvolvido pelo programa socioambiental Replantando Vida, a Companhia foi a única instituição brasileira selecionada para a final, que aconteceu em Miami, nos Estados Unidos. A iniciativa transforma o resíduo gerado no tratamento de esgotos em substrato para a produção de mudas nativas da Mata Atlântica, usadas em plantios de restauração florestal em todo Estado do Rio de Janeiro.

O projeto colombiano “Botellas de Amor”, que coleta e transforma restos de plásticos em mobiliário urbano para obras sociais, venceu a categoria por décimos de diferença para o da Cedae. O Premios Verdes acontece há nove anos e tem parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Nesta edição, entre os mais de 2.500 inscritos foram escolhidos os 54 melhores trabalhos para disputar a final, dividida entre oito categorias e 19 subcategorias – todas inspiradas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS 2030, definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

– Nossa iniciativa se destaca pelo comprometimento com diversas práticas alinhadas à agenda ESG (ambiental, social e governança). Além da questão ambiental, o projeto envolve fatores sociais, dando oportunidade de trabalho para os apenados que integram o programa, e fatores econômicos, com a redução de custos com a disposição do lodo em aterros sanitários e a compra de fertilizantes comerciais. A Cedae trabalha para deixar um legado de sustentabilidade ao Rio de Janeiro e conta com o Replantando Vida para alcançar marcas importantes nas pautas socioambientais – destacou o diretor-presidente da Cedae, Leonardo Soares.

Desde 2018, a Cedae desenvolve pesquisas para aproveitamento dos nutrientes e da matéria orgânica do lodo de esgoto em atividades do setor florestal em parceria com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e a Embrapa Agrobiologia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O sucesso do projeto da Cedae fez com que outras instituições também se interessassem pela metodologia e, atualmente, os hortos florestais do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da UFRRJ também utilizam o lodo de esgoto como substrato na sua produção.

– Estamos muito felizes por esse reconhecimento internacional. O Replantando Vida já tinha sido selecionado para o Top 500 do Premios Verdes, em 2020, mas chegar à final e conquistar o segundo lugar é uma honra. Só reforça que estamos no caminho certo. Vamos continuar focados em projetos que apresentem resultados expressivos para as questões sociais e ambientais – afirmou o coordenador do programa Replantando Vida, Alcione Duarte.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img