24 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, março 4, 2024
CasaCultura / ArtesCarnavalHistórias de Carnaval: "Chama o Sindico"

Histórias de Carnaval: “Chama o Sindico”

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Passista renomado, coreógrafo, a alegria em pessoa. Assim é o nosso personagem.

Tudo que envolve a tríplice coroa: Carnaval, Sapucai e Liesa tem ele no meio. José Carlos Faria Caetano , o popular Machine, o Síndico da Passarela do Samba.

Casado ,pai de 4 filhas, avô de 7 netos carinhoso, presente na vida familiar. Quem o conhece praticamente ” morando” de novembro a maio na Marquês de Sapucai não faz ideia da dedicação dele á tudo que faz.

A história do nosso personagem é mais rica do que possamos imaginar.
Esse homem que exala alegria e amor ao Carnaval tem uma carreira brilhante que muitos desconhecem.

A lista é extensa. Coreógrafo da Caprichosos de Pilares e Unidos da Ponte. Professor de Mestre Sala e Porta Bandeira famosos como Julinho Nascimento da Viradouro; Sidclei do Salgueiro; Selminha Sorriso da Beija Flor , Gleice Simpatia entre outros, Machine também da aulas as Musas e Rainhas do Carnaval mostrando a elas toda elegância e samba no pé necessários para encantar o público.

Antes de ensinar seu bailado de classe e elegância, Machine viajou o mundo como passista da Beija Flor de Nilópolis.
Conheceu países como Marrocos, Espanha, Estados Unidos, e França. E foi la na terra da Torre Eiffel que ele ganhou esse apelido. Um admirador ao vê-lo se apresentar falou: ” la machine à samba” , chamando-o de “A Máquina do Samba”. Adorando o elogio ele adotou como nome nascendo assim o Machine que conhecemos.

Durante a pandemia a vida de Machine, como a de muitos ligados ao Carnaval mudou.
” Foi péssimo. Eu fico quase sete meses focado na Sapucai, nos preparativos e coordenação do Carnaval com minha equipe e fiquei em casa sem saber quando isso ia acabar.”- conta Machine.

 

” Carnaval pra mim é tudo. É a minha vida”

Premio Machine

 

O nosso querido personagem é uma peça chave na mola mestra da parceria Liesa, Rioutur . Pelo seu trabalho, coordenação da equipe Liesa ele ganhou um novo título” o de Síndico da Sapucai”.
Seu amor e cuidados com a folia momesca começa nos ensaios técnicos, de Mestre Sala e Porta Bandeira, adentra a madrugada com os ensaios secretos de comissão de frente e bateria no setor 11 e, só se encerra com a festa do prêmio que leva seu nome. Aliás, o Prêmio Machine idealizado pela Dra. Beth e Denise Pinto é brilhantemente comandado por Cátia Calixto que preside o evento anual que homenageia os Melhores do Carnaval e seus bastidores como faxineiros, seguranças, colaboradores e Torcidas Organizadas.

O baú de memórias da folia dele é enorme, porém Machine enumera alguns fatos que ficaram marcados em sua vida.

Os acidentes com os carros alegóricos da Unidos da Tijuca e Paraíso do Tuiuti, em 2017 são os fatos que ele gostaria de não ter vivenciado e que recorda com tristeza. Mas a alegria, o confete e a serpentina dominam suas recordações momescas. Machine teve a honra de participar de momentos como o do Astronauta voando na Avenida, pela Grande Rio em 2001.

Agora que vocês sabem um pouco mais da vida deste Ícone da Folia, valorizem o magnífico trabalho que ele e sua equipe produzem, pois sem o amor e dedicação diária deles a maior festa cultural do planeta não teria o mesmo brilho.

 

 

Comentários

Cristiane Braga
Cristiane Braga
Coordenadora da Redação do Portal RJ4,Jornalista ,Produtora de Eventos,Tv e Rádio, Cris é uma carioca apaixonada pela profissão e pelo Carnaval. Atua no setor desde 1994, quando tinha apenas 15 anos e descobriu sua vocação. Formada desde 2001 pela UGF como Bacharel em Comunicação Social. Além dos afazeres jornalísticos, ela é Manager da Cris Mattos Assessoria de Comunicação

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img