21 C
Rio de Janeiro
domingo, julho 14, 2024
CasaEditoriasO povoCidade do Rio de Janeiro retira obrigatoriedade de máscaras em locais fechados

Cidade do Rio de Janeiro retira obrigatoriedade de máscaras em locais fechados

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

A Prefeitura do Rio de Janeiro liberou totalmente o uso de máscaras na cidade, em locais abertos e fechados. A decisão veio após reunião do Comitê Científico do município, na manhã desta segunda-feira (7/3). A medida passa a valer a partir de terça-feira (8/3), quando será publicada no Diário Oficial.

As máscaras já estavam liberadas em locais abertos desde outubro de 2021, mas, em ambientes fechados, seu uso permanecia obrigatório. O secretário de Saúde, Daniel Soranz, anunciou a desobrigação da proteção e justificou que os números de casos graves e internações de Covid-19 estão em constante queda.

“Considerando o panorama epidemiológico que temos atualmente, a menor taxa de Covid desde o começo da pandemia, nosso Comitê Científico pode recomendar a desobrigação do uso de máscaras na cidade. Os indicadores dão muita segurança para essa medida, temos muita segurança para desobrigar”, afirmou o secretário em entrevista coletiva nesta manhã.

A exigência do passaporte vacinal, entretanto, será mantida. Atualmente, o panorama epidemiológico na cidade mostra que o Rio tem a menor taxa de Covid-19 desde o começo da pandemia, assim como o números de transmissão. Já o índice de internações é de menos de 1%. Hoje, de cada 100 pessoas que fazem teste, menos de 5% dão positivo.

A prefeitura já havia comunicado uma possível liberação desde a última semana. A reunião estava marcada para o dia 14, mas, a pedido do prefeito, Eduardo Paes, foi antecipada para a manhã desta segunda. A recomendação é que pessoas não vacinadas, com imunossupressão e com comorbidades façam uso do acessório de proteção.

“A gente ainda recomenda que pessoas que tenham imunossupressão, comorbidades e não vacinados continuem usando máscaras. Pessoas com sintomas respiratórios devem seguir com o uso de máscaras também”, disse Soranz.

Passaporte vacinal

O Comitê Científico também decidiu esperar para liberar a exigência do passaporte vacinal. Segundo os especialistas, a cidade deveria atingir o percentual de 70% da população imunizada com o reforço para que este cenário acontecesse, justamente para não desestimular a dose de reforço.

Em seu perfil no Twitter, Eduardo Paes afirmou que a população e os turistas serão desobrigados a apresentar a carteira de vacinação daqui a três semanas.

“Cumprindo as determinações do Comitê Científico, amanhã sai decreto acabando com a obrigatoriedade de máscaras em espaços abertos e fechados. Com um esforço para vacinar aqueles que podem tomar dose de reforço, em três semanas acabamos também com o passaporte”, escreveu o prefeito.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img