21 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, julho 15, 2024
CasaEditoriasCultura / ArtesTheatro Municipal do Rio de Janeiro homenageia as mulheres com programação especial...

Theatro Municipal do Rio de Janeiro homenageia as mulheres com programação especial e gratuita na terça – feira, 08 de março

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

O Dia Internacional da Mulher (08) terá dupla comemoração no TMRJ: uma homenagem à Chiquinha Gonzaga, através do concerto “Encontro com Chiquinha Gonzaga”, com a soprano Georgia Szpilman e participações da pianista Maria Luisa Lundberg, e do clarinetista Moises Santos, no foyer do Theatro. Outro destaque da noite será o lançamento no Brasil, do documentário Explante, de Ingrid Gerolimich, na Sala Mário Tavares.

Crédito da foto: Mirka Gerolimich

A programação começará às 17h com o concerto e às 19h com a exibição do filme. Ao final do Explante, haverá um debate sobre a pressão estética e suas consequências na vida da mulher, com Ellen Paes – apresentadora e editora-chefe do Canal Saúde da Fiocruz; Joana Novaes – psicanalista e coordenadora do Núcleo de Doenças da Beleza da PUC-RIO; Wescla Vasconcelos – apresentadora do programa Transcinema e militante da causa LGBTQI+ e com a própria Ingrid – que passou pelo procedimento.

Vale lembrar que o implante de silicone é a cirurgia plástica mais procurada no mundo. De acordo com o último censo (2018), realizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, totaliza 1.8 milhão de cirurgias de implante de silicone ao ano, em todo o planeta e o Brasil é o campeão neste quesito.

 

Sobre o Encontro com Chiquinha Gonzaga.

Crédito da foto: Daniel Benassi.

É uma retrospectiva política e social da época, em que viveu Chiquinha. Em uma conversa com a “plateia” Georgia Szpilman revive as ousadias e vitórias da grande musicista.

A conversa é mesclada com algumas das mais importantes composições da maestrina. A cantora é acompanhada por Maria Luisa Lundberg ao piano e por Moises Santos, na clarineta.

Aos nove anos, meiga criança, aos treze, filha pretendente. Piano, bordado e dote preparam o destino de uma mulher.

Assim, era a vida de uma moça na época de Chiquinha Gonzaga. De acordo com os padrões daquele período, Chiquinha casou-se quase menina, porém, jamais deixou que o marido a afastasse da música.

No entanto, com temperamento forte e uma paixão arrebatadora pela música, ela teria uma vida diferente e hoje é lembrada como desafiadora do rígido regime patriarcal, por sua luta abolicionista e pela defesa do direito dos socialmente excluídos.

 

Serviço:

 

Programação Especial no Dia Internacional da Mulher.

Data: 08 de março de 2022.

Horário: 17h – Encontro com Chiquinha Gonzaga – Foyer do TMRJ.

   19h – Lançamento documentário Explante, de Ingrid Gerolimich – Sala Mário Tavares – após a exibição do filme haverá debate.

Endereço: Av. Alm. Barroso, 14/16 – Centro – Anexo do Theatro.

Entrada franca.

Classificação: livre.

 

Por: Clilton Paz.

Fonte: Cláudia Tisato.

 

 

 

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img