20.2 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, julho 19, 2024
CasaEditoriasEducaçãoSecretaria de Estado de Saúde dá 10 dicas para evitar o contágio...

Secretaria de Estado de Saúde dá 10 dicas para evitar o contágio da Covid-19 no retorno às aulas presenciais

Data:

Notícias relacionadas

Faetec oferece 442 vagas para Ensino Superior

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), vinculada...

Projeto Heróis do Amor realiza jantar beneficente no Rio

Chamado “girassóis”, os voluntários da Associação Heróis do Amor...

O novo Hospital JK será inaugurado dia 21 de agosto em Nilópolis

Prestes a completar seus 77 anos de emancipação, Nilópolis...

Inverno x alergias: cuidados redobrados com a limpeza dos brinquedos das crianças

  O inverno chegou trazendo temperaturas mais baixas e mudanças bruscas...

Bangu Shopping promove campanha de doação de sangue em parceria com Hemorio

No dia 19 de julho, sexta-feira, o Bangu Shopping,...
spot_imgspot_img

Início do ano letivo na rede estadual começou na última segunda-feira

Com a volta às aulas presenciais, a euforia para o reencontro com os colegas de classe tornou-se preocupação para pais, professores e diretores das escolas. Afinal, como dosar essa energia evitando o contágio da Covid-19? A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) dá dez dicas para esse retorno tão aguardado pelas crianças e adolescentes.

– A conversa entre pais, alunos e escola é fundamental. Além de uma resolução conjunta com a Secretaria de Educação, a SES vem divulgando nas redes sociais uma campanha informativa. É importante aprendermos essa nova convivência das turmas e o novo comportamento na hora do recreio, por exemplo. Acima de tudo, é fundamental que as crianças e adolescentes estejam vacinados contra a doença – diz o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Veja 10 dicas da Secretaria de Estado de Saúde para o retorno às aulas:

1 – Higienize os materiais que vão e voltam à escola;
2 – Não envie brinquedos neste momento. Certifique-se de que seu filho leve para a escola apenas o essencial;
3 – Envie máscaras extras que ofereçam a devida proteção para que possam ser trocadas quando necessário ao longo do dia;
4 – Inclua frasco de álcool em gel nos itens pessoais;
5 – Oriente para que forre a pia com papel toalha na hora de escovar os dentes;
6 – Oriente seus filhos a não emprestar itens pessoais, como copos, material escolar nem tubos de pasta de dente;
7 – Lembre seu filho de se sentar afastado do colega quando fizer as refeições;
8 – Verifique a temperatura dos estudantes antes da ida à escola. Caso o resultado seja mais de 37,5°C, deve-se procurar serviço médico e a escola deve ser comunicada;;
9 – Também não devem ir à escola estudantes, responsáveis e servidores que apresentarem ao menos dois sintomas gripais, como obstrução nasal, diarreia, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza e alterações no paladar e olfato;
10 – Beijos e abraços ainda não são permitidos, mas podemos criar um jeito novo de cumprimentar nossos amigos: que tal um ‘soquinho’ ou ‘bate cotovelo’? Ou um código secreto de ‘bate pés’? Acho que a moda pega!

Na última sexta-feira (04.02), foi publicada, em edição extra do Diário Oficial, a resolução 1604, elaborada pelas secretarias de Saúde, Educação e Ciência, Tecnologia e Inovação, atualizando os protocolos sanitários das unidades escolares.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img