24.3 C
Rio de Janeiro
sábado, junho 15, 2024
CasaEditoriasMobilidadeAplicativo Táxi-Rio Nilópolis

Aplicativo Táxi-Rio Nilópolis

Data:

Notícias relacionadas

Transporte gratuito para doação de sangue

Pelo segundo ano consecutivo, os modais de transporte do...

Prefeitura do Rio reinaugura o Teleférico da Providência

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, reinaugurou, neste domingo...

Coelhinho da Páscoa que trazes pra mim? 

A nova atração do Centro do Rio de Janeiro...

VLT Carioca realiza operação carnaval

Carnaval chegando e a recomendação da CET Rio é...
spot_imgspot_img

Taxistas nilopolitanos cadastrados fazem viagens sem cobrança de tarifa dinâmica.

 

Taxistas que moram e têm ponto em Nilópolis não podem perder a oportunidade de se cadastrar no aplicativo Táxi-Rio Cidades, agora disponível na cidade, tanto para profissionais quanto para usuários do serviço. A Prefeitura de Nilópolis e a Prefeitura do Rio assinaram Acordo de Cooperação Técnica para disponibilizar o uso do aplicativo, que pode ser baixado gratuitamente pelos passageiros e pelos taxistas das lojas play store (no caso do sistema operacional móvel Android) ou app store (sistema operacional iOS).

Francisco José Vieira, 60 anos, é motorista de táxi há 11 anos e tem ponto na Avenida Mirandela. “Esse aplicativo vai facilitar nosso trabalho, a tendência é melhorar. Teremos condições agora de competir com outros aplicativos de transporte. Vim me cadastrar porque os colegas me avisaram”, contou ele, que tem dois filhos, uma neta, e já trabalhou como bancário, em construção naval e no comércio.

Luciano Moraes Sett, diretor administrativo da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SEMUCIDH), responsável pelo cadastramento dos profissionais, explicou a um servidor como salvar as informações de Francisco no sistema. “Ele veio aqui, preencheu as informações trazendo cópia da autonomia, do documento do veículo (CRLV), da CNH e do comprovante de residência. Depois disso, colocamos todos os dados no sistema e tiramos uma foto do motorista”, enumerou Luciano.

Segundo o secretário de Cidadania e Direitos Humanos, Renato da Van, este convênio firmado pelo prefeito Abraãozinho disponibilizou um novo recurso para os taxistas. “Agora, eles podem competir com os motoristas de aplicativo em pé de igualdade. Peço que a categoria fique atenta ao calendário que será divulgado em breve, para que possam se cadastrar e ajudar a desenvolver uma nova cultura de corridas de táxi no município”.

Um novo chamamento para inscrições de interessados será lançado em breve, para atender os taxistas que ainda não puderam se registrar. Assim, como o do profissional, o cadastramento do usuário também é simples. “Ele só precisa baixar o aplicativo da loja do sistema Android ou do sistema iOS. Daí faz um cadastramento rápido, informa o e-mail ou o celular para receber o código de verificação”, afirmou o diretor administrativo.

Os veículos registrados no Táxi-Rio Nilópolis podem levar passageiros para qualquer cidade sem a cobrança da tarifa dinâmica (valor mais alto recebido quando há alta demanda). As cidades de Miguel Pereira e Maceió, esta última localizada na região Nordeste, já aderiram também ao convênio, além de Nilópolis. Taxistas destas cidades podem transportar passageiros de Nilópolis ou trazê-las, sem custo adicional. No caso de municípios que não assinaram o acordo, o taxista pode levar, mas não pode trazer o usuário de volta usando o aplicativo.

Luciano Sette simulou no aplicativo uma viagem de Nilópolis a São Paulo. Pelo aplicativo Táxi-Rio, a passagem custaria R$ 832,00, uma economia de 20% em relação à tarifa comum que valeria R$ 1040,00. Ele revelou que taxistas interessados devem ficar de olho em um novo calendário de cadastramento que será disponibilizado na segunda quinzena de janeiro.

 

Por: Clilton Paz.

Fonte: Prefeitura de Nilópolis | Coordenadoria de Comunicação.

Fotos: Divulgação.

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img