21 C
Rio de Janeiro
domingo, julho 14, 2024
CasaEditoriasCultura / Artes'Identidade Coletiva II', de Bere, e 'Abstracionismo Gráfico', de Carlos Formiga, abrem...

‘Identidade Coletiva II’, de Bere, e ‘Abstracionismo Gráfico’, de Carlos Formiga, abrem a temporada de exposições do Centro Cultural Correios RJ, em 2022, com curadoria de Carlos Bertão

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

Pintura, fine art e fotografia se misturam para falar das reações e relações na nova realidade.

 

As exposições ‘Identidade Coletiva II’, do artista plástico Bere – Bernardo de Paula Magalhães Bastos, e ‘Abstracionismo Gráfico’, do fotógrafo Carlos Formiga, abrem, simultaneamente, no dia 20 de janeiro de 2022, no Centro Cultural Correios RJ, sob a curadoria de Carlos Bertão, design expográfico/ iluminação a cargo de Alê Teixeira e realização da EntreArte Consultoria.

Tela de Bere (artista plástico).

As mostras são individuais, mas conversam entre si, já que Formiga procura o detalhe em um todo, em fotos abstratas marcadas por grafismo, e Bere, que começou a pintar em meados do ano 2000, cria personagens que passeiam pelo todo, pela vida e relações pessoais, baseados na globalização provocada pela nova realidade e avanços tecnológicos.

Os personagens de Bere, nascido em 1978, possuem nomes e características de personalidades que são expressos através dos traços, cores e detalhes de cada obra. Suas pinturas são como filhos: nasceram de Bere, têm nome e fazem parte da história e da passagem do artista por este mundo. Assim, depois de criados, são apresentados à sociedade e com ela interagem. É impossível ver uma obra de Bere sem uma reação. O espectador sente o poder dos fortes traços e a delicadeza das obras expostas, criando, imediatamente, uma conexão. Desta forma, as figuras passam a retratar uma mistura de sentimentos e máscaras usadas em nossa natureza humana.

Fotografia (obras) Carlos Formiga (fotógrafo).

Bere utiliza acrílico sobre tela, spray e Caneta Posca.  Em ‘Identidade Coletiva II’, além das telas, serão expostas reproduções seriadas das mesmas, impressas em Fine Art a jato de tinta mineral sobre canvas Hahnemühle.

Já o fotógrafo Carlos Formiga trabalha com composições abstratas, com forte presença de um marcante grafismo. Ele sempre busca captar o detalhe de um todo, utilizando, com propriedade, o elemento da linguagem visual. Fotografa sem um planejamento, em busca do inusitado – um aspecto de uma imagem que lhe chame a atenção. E é esse detalhe que ele fotografa.

Em ‘Abstracionismo Gráfico’ são apresentadas fotos abstratas, na sua maioria contemporâneas, com clara presença de um grafismo que refletem a técnica e a sensibilidade que são marcas de seu trabalho.

Foto de Bere (artista plástico).

Serviço.

 

Exposição: “Identidade Coletiva II”.

Artista: Bere – @bere.arte

Exposição: “Abstracionismo Gráfico”.

Artista: Carlos Formiga – @carloscformiga

Local: Centro Cultural Correios – RJ.

Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro – RJ.

Dias e horários: terça a sábado, das 12h às 19h.

Abertura: 20 de janeiro de 2022.

Visitação: 21 de janeiro a 19 de março de 2022.

Censura livre.

Gratuito.

Acessibilidade.

Uso de máscara e comprovante de vacinação são obrigatórios, conforme determinação dos órgãos competentes.

Apoio: Centro Cultural Correios RJ/ Ministério das Comunicações.

 

Por: Clilton Paz.

Fonte: Paula Ramagem.

Fotos: Divulgação.

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img