25 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, maio 20, 2024

WAR

Coluna de Marcelo Teixeira

Publicado em:

spot_imgspot_img

Há vida e diversão fora dos videogames e celulares. Sim, foi exatamente isso que você leu, realmente é possível e muito saboroso brincar e se divertir fora do mundo da tecnologia, fora da realidade virtual, fora da prisão dos códigos binários.

Quando eu era adolescente, conheci um jogo de tabuleiro, era uma febre, pelo menos para mim e para os meus amigos, jogávamos WAR durante horas, era uma verdadeira loucura sadia, ninguém queria perder, todos elaborávamos as mais diferentes estratégias e ao final da partida, todos saíamos vencedores, pois havíamos compartilhado momentos inesquecíveis e extremamente saudáveis, capazes de fortalecer cada vez mais os nossos vínculos de amizade. Até hoje tenho um imenso carinho pelos amigos que jogaram WAR comigo, de todos daquela época, apenas com um eu perdi o contato, mas não perdi as lembranças e essas são maravilhosas.

Passados alguns bons anos, ontem ( 11/09/2021) joguei WAR novamente e desta vez foi muito mais que especial, meu filho jogou comigo e, em sua primeira partida, ele venceu, conseguiu alcançar o seu objetivo primeiro, foi algo tremendo. O garoto ficou eufórico e maravilhado com o jogo e é lógico que com a vitória também, mas eu não perdi nada, muito pelo contrário, ganhei mais lembranças gostosas, fortaleci ainda mais o meu vínculo com ele e mesmo que não tenhamos falado nada sobre o se divertir fora da realidade virtual, certamente o meu filho percebeu o quanto é prazeroso e incomparável o ato de se divertir sem o joystick nas mãos.

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Veja mais nas colunas

spot_img