21.5 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, junho 20, 2024
CasaColunas:Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio

Coluna de Marcelo Teixeira desta semana

Publicado em:

spot_imgspot_img

O aluno opta pelas matérias que quer estudar e o ENEM não dará a mínima para essa opção , os vestibulares não estarão nem aí, o ingresso nas instituições de ensino superior continuará sendo a moda antiga. Será que alguém está pensando que o IME, o ITA, a AFA, a EN e as Universidades Públicas vão se adequar a esse novo ensino médio?

O novo ensino médio é o renascimento da velha prática de cerceamento, de afastamento do pobre do conhecimento, agora com a sua total conivência e também conveniência, não tenho a menor dúvida de que muitos pais e alunos não estão nem aí para essa deformação, o que vale agora é usar o direito de escolha, mesmo que este os castre, mesmo que este negue o acesso ao nível mais alto. Para que estudar história? Chega de filosofia, sociologia nem pensar, geografia é um porre, estamos livres, dirão aqueles que felizmente caminharão para o limbo.

Não é de hoje que o ensino superior é a menina dos olhos da elite financeira do país, mas a política de cotas é o cisco no olho, certamente você já ouviu aqueles discursos que mostram a insatisfação dos pais que pagam caro pelo ensino médio dos filhos e os vêem ficar de fora de uma vaga de medicina porque não alcançaram a nota, esses pais dizem em alto e bom som que a culpa é dos cotistas que tiveram notas mais baixas, mas foram beneficiados pelas cotas. Agora, com o novo ensino médio, os pais da elite vão ficar mais felizes, pois o vestibular continuará como sempre foi e os alunos da rede pública, muito provavelmente, vão tirar notas abaixo da média, inviabilizando o acesso às vagas e no automático elas serão redistribuídas para a elite. (tudo isso é a minha interpretação da situação)

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Veja mais nas colunas

spot_img