25 C
Rio de Janeiro
terça-feira, abril 16, 2024
CasaEditoriasO povoFlexibilização no Rio pode ser adiada até que maior cobertura vacinal seja...

Flexibilização no Rio pode ser adiada até que maior cobertura vacinal seja alcançada

Data:

Notícias relacionadas

Carioca Shopping e Prefeitura do Rio promovem dia D de vacinação contra a gripe

O Carioca Shopping, em parceria com a Prefeitura do...

Nova lei sobre Câncer de Mama é criada por vereadora carioca

Ao apagar das luzes do mês de março, mês...

Niterói ganha posto do projeto social Brasil Sem Alergia

Na próxima sexta, dia 12, o projeto social Brasil...

Recreio Shopping participa de campanha nacional de sensibilização sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Neste mês de abril, o Recreio Shopping participa da campanha Abril Azul, da...
spot_imgspot_img

Primeira etapa do relaxamento das medidas que ainda estão em prática teria início em setembro, com 44% da população imunizada, mas município subiu o patamar para 50%

Nesta terça-feira, 10/08, a Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro decidiu rever os critérios para início da abertura gradual, que prevê três fases de flexibilização. A primeira etapa do relaxamento das medidas que ainda estão em prática teria início com 44% da população imunizada, mas município subiu a meta para 50%.

“Na reunião do comitê, fizemos alguns ajustes. Iríamos começar a primeira fase da reabertura com 44% da população totalmente imunizada. Agora, a gente começa com 50%. Reforçamos as premissas que, para começar a abertura, são necessárias reduções francas nos números de casos, de óbitos, nas taxas de internações e, principalmente, alta cobertura vacinal de idosos e pessoas com comorbidades”, afirma o secretário de saúde Daniel Soranz.

 

O cronograma divulgado pelo prefeito Eduardo Paes (PSD), que previa o início da reabertura no dia 2 de setembro, com apresentações artísticas em diferentes pontos da cidade, pode ser adiado. Especialistas avaliam que se a vacinação não for acelerada, a data deverá ser revista.

“A gente já chegou a ter 1,4 mil pessoas internadas com Covid-19 na cidade. Hoje, a gente tem 690. Mas a gente tem um número de casos de Covid aumentando. O número de casos leves de Covid vem aumentando em uma velocidade bastante expressiva nessa semana por conta da variante Delta e também por conta do período sazonal de inverno, que a gente já espera um aumento do número de casos. Isso liga o alerta também”, frisou Soranz.

Um problema que vem acontecendo em todo o país e no Rio de Janeiro não é diferente é o ritmo lento da vacinação. No final de semana, o prefeito Eduardo Paes fez um apelo ao ministro da saúde Marcelo Queiroga para que não faltassem vacinas. Nesta terça, novamente, a vacinação foi suspensa no Rio.

Comentários

Renan Xavier
Renan Xavier
Jornalista, Colunista deste portal, produtor de Rádio e TV e produtor e coordenador de produções na Real Mídia Produtora. Apresentador no Sistema Real de Rádios: Rádio Play, Rádio Mirandela Fm, Rádio Preferida FM, e outras rádio filiais, afiliadas e parceiras na rede. Técnico em TI, audio/ som e sites.

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img