26 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, abril 22, 2024
CasaNotíciasCora e Adélia, receita de poesia em um dedo de prosa

Cora e Adélia, receita de poesia em um dedo de prosa

Data:

Notícias relacionadas

spot_imgspot_img

A partir do dia 20 de maio em asilos públicos e casas de acolhimento pela Lei Aldir Blanc

 

Sônia de Paulo e Nica Bomfim interpretam obras de Cora Coralina e Adélia Prado.

 

Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc apresentam Cora e Adélia – Receita de Poesia em um Dedo de Prosa.

Ao longo dos meses de maio e junho, o sarau será apresentado em casas de acolhimento e asilos públicos do município do Rio de Janeiro.

Em cena, duas atrizes, contam como foi o encontro das duas até chegarem nas obras das poetisas Cora Coralina e Adélia Prado e resolvem fazer um sarau literário para juntar as duas. Lembram passagens românticas, comoventes, alegres e divertidas. O real encontro das obras se dá por meio dos textos: uma completa o pensamento da outra, com continuidade e trazendo respostas.

Cora Coralina, goiana, mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás. Adélia Prado, mineira, reúne em sua prosa e em sua poesia temas recorrentes da vida de província, a moça que arruma a cozinha, a missa, um certo cheiro do mato, vizinhos, a gente de lá.

Ao promover o encontro de duas vidas similares, de mulheres à frente de seu tempo, o espetáculo também presta seu tributo às mulheres que superaram dificuldades e preconceitos para expor sua arte, mostrando ao mundo como observavam a vida que as rodeava.

 

Serviço:

 

CORA E ADÉLIA

RECEITA DE POESIA EM UM DEDO DE PROSA

 

Sarau Literário das obras de Cora Coralina e Adélia Prado.

Com Sônia de Paula e Nica Bomfim.

Direção, pesquisa e seleção dos poemas: Rafaela Amado.

Musicista: Cecília Beraba.

Local: Asilos Públicos e Casas de Acolhimento da Prefeitura do Rio.

Data: de 20 a 31 de maio de 2021.

Ingressos: Gratuito.

Capacidade: 100 lugares por apresentação.

Acessibilidade: Intérprete de LIBRAS em todos os saraus.

Outras Informações: http://coraeadelia.blogspot.com.br

 

Por: Clilton Paz.

Fonte: Mauricio Aires e Rogerio Alves.

Fotos: Divulgação.

 

 

 

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Últimas notícias

spot_img