Entenda o caso:

 

Hoje, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vota a revogação da Medalha Tiradentes concedida em 2007 ao vereador Jairo Souza Santos, o Dr. Jairinho, que está preso acusado de matar seu enteado, Henry Borel, de 4 anos.

O pedido foi feito pelo deputado Noel de Carvalho (PSDB) por causa do envolvimento do vereador na morte do menino. Para que a revogação seja aprovada, será preciso ao menos 25 votos.

Na sexta-feira (14/05), foi publicado no Diário Oficial, um parecer favorável da Comissão de Normas Internas e Proposições Externas da Alerj, para a revogação da resolução 207/2007, que concedeu o título a Jairinho.

A Medalha Tiradentes é uma honraria concedida pelo governo para homenagear pessoas que tenham prestado serviços relevantes à causa pública do estado do Rio de Janeiro.

Comentários