20 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, julho 19, 2024
CasaColunas:Marcelo Teixeira -Papo para os professores

Papo para os professores

Publicado em:

spot_imgspot_img

Os políticos fazem, muito bem, algo que nós professores deveríamos começar a treinar, ou seja, descansar e relaxar a mente. Nenhum político está triste ou sensibilizado porque os alunos não têm internet, não têm celulares, não têm computadores, eles estão é muito tranquilos, sabem que essa preocupação vai ser sentida exponencialmente pelos professores, exatamente porque os professores não conseguem entender que não é deles a responsabilidade de prover meios para que a internet seja universal e gratuita, para que os celulares e os computadores se tornem mais acessíveis; definitivamente os professores não entendem isso, nós queremos fazer o nosso e ainda o dos outros, os políticos agradecem, os pais relapsos continuam descansando e o professor só vai se arrebentando, se desgastando, adoecendo e alguns surtando.

Lamentavelmente, muitos de nós sofremos de excesso de preciosismo, isso é usado contra nós a todo momento, faltou material, os pais nem ficam sabendo que os governantes não mandaram, o professor tira do bolso e compra, ele nem transfere para o pai a responsabilidade, ele assume sem piscar. Não tem aula por conta dos problemas no entorno da escola ( violência), já vai o professor para o modo frustração porque não pôde dar aula, porque os alunos vão perder o conteúdo, porque naquele dia era importante fazer tal coisa e nesse momento de estresse do magistério, os governantes que deveriam ter uma política de enfrentamento da violência que fosse eficaz, que estivesse voltada para além do tiro, vão estar em suas casas, rindo, livres, leves e soltos.

Não, em hipótese alguma proponho o fim da empatia, o fim do olhar humanizado, só proponho que tenhamos empatia com a nossa própria alma, com o nosso próprio coração, com a nossa própria família, também proponho que tenhamos um olhar humanizado sobre nós mesmos, pois nós estamos adoecendo porque muitas das vezes não conseguimos abrir mão de tarefas que nunca foram nossas, mas nós as abraçamos.

Achamos engraçado os memes que dizem que o professor resolve tudo, achamos engraçado e em muitas ocasiões tomamos isso por verdade.

Se eu fosse fazer um mantra, seria o seguinte: não, não sou o senhor resolve tudo, não, não vou ficar sofrendo porque quem deveria ter feito a tarefa não fez, não, não tenho que gastar dinheiro do meu bolso para comprar material didático e pedagógico, não, não vou ficar brigando em reunião online porque os alunos não acessam os canais oficiais de estudo, não, não vou deixar que minha eficiência se torne minha algoz.

Marcelo Teixeira – Filho do Deja e da Ceiça, pai do Leon e um cara que tenta ser cristão. Facebook:
1- Rachaduras Sociais
2- CULTURA

Comentários

Inscreva-se

- Nunca perca uma notícia com notificações ativas

Veja mais nas colunas

spot_img